Disputa na Câmara, inauguração e policial assassinado na edição 4041

Há 20 anos, quinze vereadores representavam a população de Socorro. A edição nº 4.041, de 18 de dezembro de 1998, têm como matéria de capa a disputa pela presidência da Câmara Municipal.

Disputa acirrada hoje na Câmara Municipal

As inscrições foram feitas através de comunicados por escrito devidamente assinados pelos interessados. Apresentaram-se os seguintes registros de candidaturas: para o cargo de presidente inscreveram-se os vereadores: Francisco Alves Bezerra, Gumercindo da Silva Pinto e Gerson Aparecido Barbosa; para o cargo de vice-presidente: vereador Gilberto Jesus de Toledo; 1º secretário: Iliete José Ramalho; e, 2º secretário: Gentil José Tonelli.

A votação será secreta e, em caso de empate, considerar-se-á eleito o mais votado na eleição municipal. Os eleitos serão considerados automaticamente empossados a partir do dia 1º de janeiro de 1999.

O Município também informa, na página 3, sobre a inauguração da sede social da Sociedade Ítalo-Brasileira Socorrense, à Rua Marechal Floriano Peixoto, que aconteceu no dia 6 de outubro daquele ano, com a presença do vice-cônsul da Itália em Campinas, sr. Rolando Millone e srª Glair Millone e demais autoridades.

Na página Policiais, a chocante notícia de um investigador de Polícia, de 44 anos, assassinado em sua residência, no Bairro Oratório, com um tiro no peito. A vítima foi levada ao hospital, mas chegou sem vida. As testemunhas do crime disseram que não encontraram ninguém estranho no momento do ocorrido.

Compartilhar/Favoritos

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Você deve ser de logged em para postar um comentário.