Estância Hidromineral de Socorro completa 191 anos

Com ecoturismo, atividades de aventura, turismo rural, hospedagem, gastronomia e compras, cidade também é referência em acessibilidade

Nossa Estância Hidromineral – referência em turismo de aventura– completará 191 anos no dia 09 de agosto. Em meio à Serra da Mantiqueira – área que se estende pelos estados de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro – entre paisagens exuberantes, muita natureza e montanhas é o destino com diversão para casais, grupo de amigos, famílias com crianças e idosos.

A história da cidade começa no século XVI, quando os índios que habitavam as bacias dos rios do Peixe e Camanducaia foram expulsos pelos bandeirantes e Simão Toledo Pizza recebeu a região como Sesmaria (doada pela Coroa Portuguesa), dando origem à Campanha de Toledo, por volta de 1738. Até 1797, Socorro era chamada de Bairro do Rio do Peixe, pertencente à Vila de Atibaia e, depois, ao sertão de Bragança.

Por ser distante da comarca, os fiéis do Bairro do Rio do Peixe ergueram a primeira capela em homenagem à Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em 1829, onde atualmente está a Igreja Matriz. Começaram, então, as construções das primeiras casas em torno da capela. Em 9 de agosto foi rezada a primeira missa, mesma data em que se comemora o aniversário da cidade.

Um pouco dos detalhes sobre a trajetória de Socorro e dos habitantes pode ser encontrado no centro histórico que encanta aos turistas e merece ser admirado pelos socorrenses também. Vale conhecer a história dos casarões. O que abriga o Museu Municipal é o primeiro sobrado da cidade, concluído em 1881 em estilo colonial em taipa de pilão no térreo e pau-a-pique no andar superior. Já acolheu a prefeitura, delegacia, fórum e câmara dos vereadores. Também tem o casarão Antônio Pereira Pinto, de 1900, construído para residência e onde foi instalado o 1º Cartório Civil de Socorro. Em 1925 voltou a ser residência de outra família e foi restaurado em 2002.

Tem o palacete Hermelino de Souza Araújo e o Casarão Luiz Panontim, ambos de 1922; o casarão Sebastião Andreucci, de 1910; o casarão José Batista Pereira de Araújo, de 1839, que já foi escola infantil e hoje é um restaurante e o palacete Cap. Procópio Isidoro, de 1919, que em 2001 foi restaurado para abrigar flats para o turismo na parte superior e, na parte térrea, tem estabelecimentos comerciais.

No centro também está a antiga cadeia, que hoje é delegacia: a primeira parte é de 1905 e a segunda de 1908. Também tem a escola Estadual Cel. Olímpio Gonçalves dos Reis, de 1911, primeira escola da cidade. Além do Cine Cavaliere Orlandi, localizado em uma edificação charmosa, com 78 anos. E, claro, a Igreja Matriz, concluída em 1924.

Outros pontos da cidade também são carregados de história como a Maria Fumaça 208; o Horto Municipal e a Estação Ferroviária.

Os mirantes são um capítulo à parte. Localizados no topo de montanhas, permitem a apreciação panorâmica da cidade ou paisagens. O Mirante do Cristo, Mirante da Pedra Bela Vista e Pico da Cascavel valem o passeio.

Estamos a apenas 135km de São Paulo, 114km de Campinas e 156km de São José dos Campos,  e temos 449,2 Km² (fonte IBGE) em nosso município com inúmeras atividades de aventura, ecoturismo e turismo rural, diversas opções de hospedagens (hotéis-fazenda, pousadas, hostels e campings), gastronomia com influências da colonização italiana da região e do sul do estado de Minas Gerais e compras em lojas de fábrica de malharias. Tudo em um só destino que pode ser explorado pelos moradores da cidade também.

Aqui as temperaturas variam, no verão de 25 a 34°C e no inverno de 01 a 18°C e, por isso, oferecemos atrações propícias para o ano todo: de um banho refrescante na cachoeira até um chocolate quente na beira da lareira. Sem dúvida, é um destino para explorarmos sempre.

A cidade é dividida em caminhos turísticos e tem placas que indicam como chegar aos principais pontos e atrações, bem como as pousadas e hotéis-fazenda., facilitando o acesso a qualquer morador que busque conhecê-los. Não tem como falar de nossa cidade  sem falar do Rio do Peixe, que passa por toda ela e onde acontece a maioria das atividades de aventura.

Nosso município – pertencente ao Circuito das Águas Paulista – faz questão do lazer que integra, então se dedica a aprimorar procedimentos para receber, de forma adequada, pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida, sendo referência nacional e internacional em turismo acessível. São diversas atividades de aventura adaptadas. O resultado é o Prêmio Rainha Sofia de Acessibilidade, outorgado pelo Conselho Real para Deficiência, do governo espanhol; o diploma “Destaque de Honra – Gestão Municipal”, com ênfase nas obras e projetos de acessibilidade, do World Company Award (WOCA), realizado em Portugal, e o prêmio Top Destinos Turísticos 2017, da Associação dos Dirigentes de Vendas e Marketing do Brasil (ADVB) e do SKAL Internacional São Paulo.

Os animais de estimação também são bem-vindos. Todos os parques de aventura são pet friendly, há atividades de aventura e ecoturismo que podem ser feitas com o pet, como rafting, stand-up paddle e trekkings. Cada vez mais, restaurantes se adaptam para bem receber os pets e vários hotéis e pousadas têm instalações apropriadas para acolhê-los como, por exemplo, piscinas exclusivas e kits.

Também faz parte da cidade, o projeto Socorro Destino Duas Rodas que pretende transformar o município em um dos principais destinos de Duas Rodas do país. Um conjunto de ações que combinadas entre poder público e iniciativa privada, para receber o universo das motocicletas e das bicicletas, aproveitando as riquezas naturais da região, as atividades de aventura e gastronomia.

*Texto por VGCOM

Acesse:

Novo site doTurismo de Socorro:  https://socorro.tur.br/

No Instagram:: @turismosocorro

Compartilhar/Favoritos

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Você deve ser de logged em para postar um comentário.