História do Clube de Voo Livre foi tema do curta metragem “Caipiras do Ar”

O Clube de Voo Livre das Estâncias – CVLE celebrou 30 anos de criação. A história do clube e seus fundadores foi uma das atrações da programação da Festa de Agosto. O curta metragem “Caipiras do Ar” foi exibido no dia 10, no Cine Cavalieri Orlandi.

O curta foi uma produção independente da Agência Norden, que é composta por quatro amigos/sócios/publicitários: Danilo Barreiro – Diretor de Atendimento e Comunicação; Jéssica Santana – Diretora de Planejamento e Mídias Sociais; Júnior Costa – Diretor e Produtor de Filmes; e Richard Leão –  Diretor de Mídia.

Entramos em contato com Danilo Barreiro, que nos concedeu uma entrevista, contando de onde surgiu a ideia e como foi a gravação. Confira, abaixo:

Como surgiu a ideia de fazer um curta sobre o CVLE?
A ideia surgiu assim que soubemos que o CVLE (Clube de Voo Livre das Estâncias), estaria organizando um festival de voo livre para comemorar o aniversário de 30 anos da sua criação. De início, faríamos um vídeo para ser assistido no dia do festival, mas o clube achou inviável e acabou desistindo da nossa proposta. Confesso ter ficado desapontado no início, até porque gostaria muito de conhecer um pouco dessa história, pois frequento o clube há muito tempo e não sabia quem eram esses “desbravadores alados” que deram início ao voo, onde hoje é considerado um dos melhores e mais técnicos picos para a prática desse esporte. Temos uma filosofia na Agência Norden: não desistimos dos nossos ideais, e decidimos entrar de cabeça nessa história; entramos em contato com os fundadores do clube e dissemos que faríamos uma produção independente, e um filme contando essa história. Eles ficaram muito animados e aceitaram na hora!

De onde são? Como conheceram Socorro?
Somos todos de São Paulo, capital. Em 2012, após o fim de um noivado, decidi tirar da gaveta um sonho antigo, que era voar de parapente, e, fazendo algumas pesquisas sobre o esporte, meu pai havia comentado de um amigo que aprendeu a voar no Japão há muitos anos, e que tinha um filho que também praticava esse esporte com grande frequência. Entrei em contato com eles, que me indicaram a escola de voo do Ronaldinho (Ronaventura), na mesma semana já fui conhecer a cidade e dar início às aulas. No primeiro dia recebi o carinhoso apelido de “Mangueirinha”, por conta da minha profissão (Bombeiro), e é assim que sou chamado por todos desde então. Já o restante da agência conheceu a cidade através de mim.

Quanto tempo de produção para terminar o curta, entre gravações e edição?
Realizamos as gravações em duas saídas, na primeira gravamos com os protagonistas no hangar do Edvarso Leite, e na segunda gravamos no Pico da Cascavel durante o festival 30 anos do CVLE (Clube de Voo Livre das Estâncias). Em relação ao tempo de edição foram quase 2 meses, afinal foi tudo pensado com muito carinho e atenção nos detalhes. A coleta de fotos antigas para dar o clima nostálgico no filme e a escolha das músicas todas foram pensadas cuidadosamente para relembrar os bons momentos que os Caipiras do Ar viveram.

Em quais lugares as gravações foram feitas?
A primeira parte da gravação foi feita no hangar do Edvarso, junto com os demais pilotos fundadores do clube. E foi o próprio Edvarso quem descobriu que do Pico da Cascavel daria pra voar, sendo ele o primeiro piloto a decolar dali de asa delta. Também fomos ao Corredor Turístico dos Pereiras na estrada que dá acesso ao pico; no Pico da Cascavel, no dia do festival; na entrada do sítio do Vandinho Barrel (piloto associado ao CVLE) onde gravamos com o piloto Édio Serafim (Édião), que foi nosso convidado especial. Por último e não menos importante foi o Pesqueiro dos Pereiras – Recanto das Águas, local onde foram feitas as premiações do festival, cujo troféu levou o nome de Marinho Camacho em homenagem ao nosso querido amigo, o finado Mário Peternella Camacho, que foi piloto e sócio do clube durante bastante tempo.

Quais foram os personagens?
Nossos personagens contaram suas próprias histórias em um take só, sem necessidade de contratação de atores. São eles Edvarso Leite, Edmur Craveiro, Celso Balaio e Edmur Paschoalotti, além do convidado especial, Édio Serafim.

Como avaliam o resultado final?
O resultado final foi de encher os olhos… Vocês tinham que ver como os protagonistas reagiam emocionados a cada cena do filme no cinema! Também foi incrível ver todos seus familiares e amigos se emocionando, rindo, interagindo e se identificando com o filme. Coletamos depoimentos no final da exibição, e foi aí que tivemos aquela sensação maravilhosa de missão cumprida com maestria, em ter feito o nosso melhor e sermos reconhecidos por isso.

O curta está disponível em algum link?
Estamos cogitando de exibir o filme em mais locais como projeto itinerante, festivais e possivelmente em alguns canais de mídia.


Agradecimentos
Antes do curta Caipiras do Ar ser exibido no cinema, tivemos um caminho nada fácil para percorrer. Muitas foram as ideias para a experiência audiovisual, algo que trabalhamos muito aqui na agência, mas não foi possível aplicar por conta de custos que não tínhamos como financiar, até porque já havia sido investido muito na produção. Decidimos que não poderíamos apenas colocar na internet antes de tentar coisas maiores, então, começamos a ir atrás de possíveis apoiadores, parceiros e até patrocinadores para colocar nossas ideias em prática. Como sabíamos da Festa de Agosto, pensamos em tentar inserir a exibição no calendário cultural da festa, e conseguimos através do Edvarso o contato direto do André Orlandi, proprietário do Cine Cavaliere Orlandi. Pedimos apoio dele para que pudéssemos exibir o filme no cinema. Sugerimos que os tickets das entradas fossem pagos com 1kg de alimento não perecível (facultativo), e que após o filme doássemos esses alimentos para alguma ONG de Socorro. Ele aceitou na mesma hora, não negou esforços em nos ajudar com mais coisas, tanto que nos passou o contato de um amigo que costuma fazer esse tipo de evento, o Augusto Belluzzo, que também foi muito atencioso com a gente, nos dando a grande ideia de doar esses alimentos às famílias mais necessitadas da cidade, que estavam precisando muito de doações, e na sequência nos passou o contato da Silvia (Assistente Social de Socorro), que no final decidimos juntamente com a NASF (Núcleo de Apoio Social a Família), selecionar algumas dessas famílias mais necessitadas e montar cestas básicas para distribuir. No final das duas exibições foram arrecadados aproximadamente 100 kg de alimentos, que dividimos para montar as cestas básicas entregues a 5 famílias.

Sendo assim os nossos agradecimentos vão para: Deus sempre em primeiro lugar; Edvarso Leite, Edmur Craveiro, Celso Balaio e Edmur Pascoalotti, pilotos e protagonistas fundadores do Clube de Voo Livre das Estâncias; -Édio Serafim, convidado especial com seus 1500 voos; André Orlandi – Cine Cavaliere Orlandi pela exibição e pela amizade; Thiago de Faria – Secretaria da Cultura por nos colocar no cronograma da festa; Gisele e Silvia da NASF – Núcleo de Apoio Social a Família, com toda ajuda com contagem, divisão e entrega dos alimentos; Prefeitura de Socorro;  Jackson Blaine Medeiros, instrutor da Escola de Voo Pico da Cascavel; Ronaldinho, instrutor da Escola de voo Ronaventura; Édio Serafim, proprietário da Moto Skina – Loja de acessórios em geral para motos em Bragança Paulista; Augusto Belluzzo pela sugestão das doações as famílias; Doug Barreiro, nosso designer gráfico, pela produção do lindo cartaz; Dan Benedikt da Thumb Filmes, pelas belas imagens aéreas com Drone; Agradecemos muito apoio das nossas famílias que também acreditam nos nossos sonhos; Eu Danilo Barreiro tenho um agradecimento especial por ter tido a oportunidade de ingressar na faculdade onde conheci essas três pessoas maravilhosas na minha vida, que hoje além de amigos são meus sócios na busca de alcançar sucesso nas nossas carreiras dentro da Agência Norden. E a você Stela, juntamente de toda a equipe do Jornal O Município de Socorro, por nos dar essa oportunidade de contar um pouco sobre o filme, de quem é a Agência Norden, e o que nós fazemos.

Compartilhar/Favoritos

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Você deve ser de logged em para postar um comentário.