Hoje: Amparo – Capital Histórica do Circuito das Águas

Mogiana

Nesta semana vamos mostrar as belezas e o charme de Amparo. Município membro do Circuito das Águas Paulista, a cidade preserva sua história sem abrir mão da tecnologia. Confira:

Capital histórica

A história de Amparo tem início no século XVIII e sua elevação como Capela Curada aconteceu em 8 de abril de 1829. Construções antigas como igrejas, casarios e sobrados revelam todo o cenário histórico-cultural que a cidade viveu durante o ciclo do café brasileiro nos séculos XIX e XX.

O nome “Amparo” deve-se a pequena capela em louvor a Nossa Senhora do Amparo. A primeira missa aconteceu no dia 3 de setembro de 1818, celebrada pelo missionário Frei Francisco Filgueira e o local ficava no caminho para Ouro Fino e Pouso Alegre. Em 1822 a capela foi interditada por ser considerada imprópria para a celebração dos ofícios religiosos. Mais tarde, em 1829, uma nova capela ficou pronta, desta vez, erguida onde hoje se localiza a praça Monsenhor João Batista Lisboa. Depois de dez anos como Capela Curada, Amparo é elevada a Freguesia. Em 1857, recebe a categoria de Vila, separando-se de Bragança e em 1865, Amparo torna-se uma cidade.

Capela

Turismo

Fazendo jus ao título de “Capital Histórica do Circuito das Águas”, Amparo é um museu a céu aberto e reserva muitos atrativos históricos e turísticos aos seus visitantes. A arquitetura das construções é um espetáculo a parte: a começar pelo Mercado Municipal – fundado em 1912, e o Museu Bernardino de Campos – prédio construído em 1885, para ser residência do Coronel Luiz de Souza Leite e já abrigou a Prefeitura, a Câmara Municipal e o Serviço de Águas e Esgoto e atualmente é um dos museus mais completos do Estado de São Paulo. O prédio da Companhia Mogiana em Amparo ainda reserva toda a arquitetura da época: construído em 1875, ligava Jaguariúna a Amparo e mais tarde, Monte Alegre do Sul, sendo os trens tirados de circulação em 1965. O moderno e o clássico se encontram na Rua XV de Novembro, no Centro Histórico de Amparo. As construções do local, datadas dos séculos XIX e XX já foram morada de pessoas importantes como Bernardino de Campos e a família Maia. Atualmente, a rua é um ponto gastronômico: com bares, restaurantes, hamburguerias e pizzarias. No Polo Astronômico de Amparo, é possível ver a lua, os anéis de Saturno e até outras galáxias. O local recebe visita de turistas e também de excursões escolares.

Confira mais fotos desse destino apaixonante:

Mercado

Polo Astronômico

 

 

Compartilhar/Favoritos

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Você deve ser de logged em para postar um comentário.