Hoje: Santiago de Compostela

Bernadete Silva de Souza vai nos contar, agora, as emoções de chegar a Santiago de Compostela, último lugar sagrado que o grupo da Peregrinação Mariana, organizada pelo padre Vicente Rosa Júnior, conheceria na Espanha, antes de partir para Portugal.

Santiago de Compostela é uma cidade que também remonta das conquistas do império romano, de invasões germânicas e muçulmanas, até finalmente a sua consolidação como reino cristão da região da Galícia.

Fale, Bernadete!

Apesar de hoje ser uma cidade moderna, Santiago de Compostela ainda guarda, em sua parte antiga, as características de uma cidade medieval, sendo considerada um dos mais importantes centros de peregrinação cristã do mundo, juntamente com Jerusalém e Roma. Esta importância decorre do fato de que, por volta do ano 800, um camponês viu um facho de luz vindo do céu, iluminando um determinado ponto, local onde foram encontrados os restos mortais do apóstolo São Thiago, (Santiago ou Tiago Maior), um dos apóstolos de Jesus Cristo. Nesse lugar construíram uma pequena capela, onde hoje está a Catedral de Santiago, com as quatro famosas fachadas. Depois da descoberta e divulgação do achado, tiveram início as peregrinações para visitar o túmulo do Apóstolo Santiago, tornando-se uma das mais antigas e tradicionais rotas de peregrinação.

Começamos nossa caminhada de manhãzinha, com uma neblina que deixava tudo mais encantador; encontramos peregrinos chegando de todos os lugares do mundo, que eram recebidos ao som da gaita de fole. Ao chegarmos à Praça Obradoiro, todos jogavam suas mochilas no chão e deitavam-se, visivelmente emocionados. As pessoas percorrem este caminho por diversos motivos: autoconhecimento, busca interior, paz espiritual, pagar uma promessa ou simplesmente para conhecê-lo e, como manda a tradição, o peregrino também deve realizar o ritual de abraçar a imagem do apóstolo São Tiago, amigo de Jesus, pois ao abraçarmos o Apóstolo ele intercede por nossa amizade com Cristo, e o grupo todo fez questão desse abraço.

Ainda pela manhã, participamos da missa do peregrino, e continuamos a desvendar toda a beleza e encantamento desse lugar, pela Plaza da Quintana, Pórtico da Glória, Mercado, pelo Centro Histórico, o colorido das flores nos diversos jardins também chamavam muita atenção; enfim, estar em Santiago de Compostela foi uma experiência inesquecível! Assim como os demais pontos de importância da fé cristã, aflora naqueles que a visitam emoções indescritíveis e, assim como eu, tenho certeza que os demais peregrinos ficaram maravilhados com mais este verdadeiro ícone de história e de fé cristã.

Compartilhar/Favoritos

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Você deve ser de logged em para postar um comentário.