Núcleo Assistencial “Diomar Branco”: atendimento digno às gestantes

Os meses de gestação de uma criança são sempre acompanhados por momentos de incertezas, de expectativas, de alegrias e indagações.

E foi para torná-los mais suaves que o Núcleo Assistencial “Diomar Branco” – uma casa de apoio à gestante -, que o antigo Lar das Meninas ganhou um espaço novo, totalmente voltado às gestantes carentes, mas também aberto a todas futuras mamães que se interessarem, com o objetivo de nelas despertar a importância de cuidar e educar seus filhos com amor e dignidade.

“Ficamos impossibilitados de nos adaptarmos à nova legislação, para continuar com o Lar das Meninas. Mas queríamos dar continuidade ao trabalho iniciado pelo senhor Diomar Branco, prosseguir com seu ideal e, ao mesmo tempo, conservar mobilizado o grupo de voluntários, colaboradores e simpatizantes do Abrigo Lar de Jesus Amelie Boudet. A entidade ganhou uma nova razão social, novos objetivos, mas manteve o antigo sonho: a fraternidade”, destaca Yvelise Maria Cavalheri Marcolino Lemos, coordenadora do agora Núcleo Assistencial “Diomar Branco”, que iniciou suas atividades no dia 19 de fevereiro de 2017.

Com o passar do tempo e novos objetivos, foi necessária uma reforma no “quintal” da casa, transformado em um grande salão, uma brinquedoteca e banheiro acessível, para possibilitar um atendimento melhor às gestantes, inaugurado no dia 8 de março deste ano de 2018, no Dia Internacional da Mulher.

Helenice Estevam Macedo de Jesus, secretária e voluntária da entidade, conta que, atualmente, três gestantes – Fabiana, Giovanna e Elisângela – participam regularmente das atividades, às quintas-feiras, das 13h45 às 16h30.

Elas participam de aulas teóricas com profissionais voluntários nas áreas de psicologia, fisioterapia, puericultura, nutrição, ginecologia, advocacia, educação física, odontologia, encontro terapêutico, tudo relacionado às gestantes.

“Procuramos resgatar a ética, cidadania, religiosidade, valores, para elas refletirem sobre a importância, a dádiva da maternidade”, ressalta Yvelise.

As gestantes também participam de oficinas de artesanato, bordado, aprendem a pregar botão, pequenos consertos em roupas rasgadas, a fazer lembrancinhas de recém-nascido com material reciclado etc., além de algumas aulas de culinária, quando aprendem a fazer um bolo, uma torta…

Se antes do início das atividades recebem uma fruta e água, no término das atividades participam de um lanche, quando trocam ideias e se divertem um pouco.

As gestantes com pelo menos 75% de frequência nos cursos e oficinas, no final da gravidez recebem um enxoval novinho de bebê: macacões, mantas, travesseiro, toalha de banho, boris, sapatinhos, sabonete, shampoo, fraldas, entre outros itens.

“Todas as quintas-feiras elas já recebem um pacotinho com duas fraldas. Quem ajuda a arrumar os utensílios usados no lanche, também pode escolher um presentinho para o bebê”, conta Helenice.

Elas solicitam a quem quiser doar berço, carrinho, cômoda, quadrado, banheirinha, roupinhas usadas em bom estado, pode entregar na sede da entidade, à Rua Irmo Zucato, nº 111, a partir das 13h45, às 5ªs feiras, ou no bazar que a entidade tem, em um local cedido pela Prefeitura, no prédio da Estação Socorro, antiga rodoviária, em frente ao supermercado União, às 2ªs, 3ªs e 5ªs feiras.

“O enxoval que ganham para recém-nascido é novo, mas elas sempre precisam de mais roupinhas e muitas não têm berço ou outro utensílio necessário ao bebê. Por isso pedimos as doações, que serão sempre bem-vindas. Agradecemos antecipadamente”, ressalta Yvelise.

Serviço
Núcleo Assistencial “Diomar Branco” (Casa de Apoio à Gestante)
Endereço: Rua Irmo Zucato, 111 – Centro.
Atendimento: Às quintas-feiras, das 13h45 às 16h30
Aberto às gestantes.

Compartilhar/Favoritos

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Você deve ser de logged em para postar um comentário.