Núcleo de Linguagem Fotográfica inaugura exposição “Olhares” no Museu de Socorro

O Museu Municipal de Socorro recebe em março uma das maiores mostras de fotografia já realizadas na cidade. A exposição “Olhares” reúne mais de cem fotos produzidas por 27 fotógrafos socorrenses que procuraram retratar aspectos da cultura, da paisagem, da natureza e do cotidiano de Socorro, cada um com sua linguagem singular sobre o tema.

A diversidade de estilos e expressões são o principal tema da exposição que marca a criação do Núcleo de Linguagem Fotográfica, coletivo que pretende justamente realizar atividades com o fim de discutir linguagem fotográfica, trocar experiências entre autores locais e até com fotógrafos de outras cidades.

O Núcleo foi criado a partir da iniciativa do fotógrafo e jornalista Cuca Jorge que começou a cultivar a ideia há cinco anos, logo após se mudar para Socorro. Nessa época ele criou o Curso Livre de Fotografia e foi descobrindo que a cidade tem tradição e uma grande vocação para a fotografia, com grandes talentos que por aqui formam naturalmente uma imensa comunidade de artistas, amadores e profissionais.

Ao longo do tempo essa comunidade cresceu muito, interagindo entre si, com a formação de pequenos fotoclubes baseados em redes sociais e finalmente estava formado o ambiente propício para a criação do Núcleo, com olhares e linguagens diversos sobre o mundo. Até o momento, 35 fotógrafos uniram suas lentes a essa causa e o Núcleo está aberto e espera a adesão de todos os amantes da fotografia.

A iniciativa é independente, não está vinculada a nenhum órgão oficial ou de empresas e pretende realizar encontros periódicos para apresentação de palestras, leitura de portifólio, oficinas, exposições, debates sobre linguagem, entre outras ações, inclusive interação com comunidades de fotógrafos de outras cidades para intercâmbio de experiências. Outras ações também estão previstas, como uma maior conscientização do papel do fotógrafo, organizar e estimular a produção fotográfica de modo a promover uma maior participação da fotografia nos eventos culturais da cidade. O grupo acredita que esse conjunto de iniciativas possa até mesmo melhorar a qualidade da profissionalização daqueles que pretenderem iniciar uma carreira.

Os objetivos do Núcleo incluem a valorização da fotografia como arte e do fotógrafo como autor, em caminho inverso à tendência que se verifica após o advento da fotografia digital de valorização da técnica e equipamento, mais do que do processo de criação.

Apesar da iniciativa da criação do grupo ser individual, o objetivo é que ele tenha um caráter coletivo e plural. Coletivo no sentido de compartilhar decisões e ideias entre seus membros e plural no sentido de abarcar todas as tendências, todos os olhares, para desenvolver a fotografia como expressão de arte.

Prestigie!

A abertura da mostra acontece no dia 15 de março, a partir das 19h30, no Museu Municipal Dr. João Baptista Gomes Ferraz, à Rua Antônio Leopoldino, 175, no centro da cidade e fica aberta ao público até o dia 13 de abril, das 9 às 17 horas, de terça a sábado, e a entrada é franca.

Compartilhar/Favoritos

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Você deve ser de logged em para postar um comentário.