“O candidato deve manter a calma e ler com muita atenção as alternativas”  

Chegando ao final de outubro, a ansiedade começa a tomar conta das salas de aula porque o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) está cada vez mais próximo de acontecer.

Destinado a alunos que desejam ingressar no Ensino Superior, é considerado passaporte para a próxima fase da vida estudantil, pois ele é usado como critério na aquisição de bolsas de estudo que facilitam a permanência dos estudantes no meio acadêmico. Programas como ProUni e SiSU dependem diretamente do bom desempenho dos candidatos na prova.

Destacada a sua importância, deve-se salientar a dificuldade do exame. Dividido em cinco partes (Ciências da Natureza e suas tecnologias; Ciências Humanas e suas tecnologias; Linguagens, Códigos e suas tecnologias; Matemática e suas tecnologias e Redação) e tendo duração de dois dias, sempre aos sábados e domingos, o Enem é considerado um teste de resistência por exigir dos alunos uma leitura minuciosa de longos textos, que são uma constante em suas páginas.

Outra grande questão que demanda muito foco é a produção de texto. O Enem tem como gênero textual padrão a Dissertação. Nesta parte serão avaliados o senso crítico, a organização de ideias, o domínio da norma culta padrão da língua portuguesa, a consciência social e o respeito aos Direitos Humanos.

thiago-bazaniPara se sair bem, o candidato deve sempre manter a calma e ler com muita atenção as alternativas, pois apenas uma vírgula pode diferenciar uma resposta certa de uma errada. Recomenda-se, somente em último caso, “chutar” alternativas nas provas, pois o exame conta com uma maneira inteligente de correção e saberá quando um padrão de resposta for quebrado; desse modo, deve-se tentar resolver todas as questões. Para a redação, é fundamental ter em mente que sempre são levantados temas de caráter social (Enem 2016 teve como tema de redação a violência contra mulher) e isso não tende a mudar em 2017. Assuntos como: intolerância religiosa; discriminação e preconceito tanto racial como de gênero; acessibilidade e inclusão social de pessoas com deficiência podem surgir como algo a ser debatido.

E, para finalizar, procure sempre conhecer o local de prova com antecedência. Candidatos que chegam após fechamento dos portões não conseguem entrar, assim sendo, sempre saia de casa com tempo de folga. Leve uma garrafinha de água para manter-se hidratado.

Nós, do Colégio Objetivo, desejamos a todos uma excelente prova!

Compartilhar/Favoritos

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Você deve ser de logged em para postar um comentário.