Polícia Militar de Socorro lança ‘’Projeto Revoar’’

A Polícia Militar de Socorro lança o ‘’Projeto Revoar’’, visando atender adolescentes em situação de risco social e aptos a praticarem atividades físicas. Para isso, uma academia já está sendo estruturada nas dependências do quartel do 3º Pelotão da Polícia Militar, onde serão realizadas as atividades. Kits esportivos e uniformes para os alunos já estão sendo doados pelas empresas da cidade.

Previsto para ser executado de março a novembro, a partir de 2020, serão formadas duas turmas de alunos  entre 11 e 16 anos, assistidos por Policiais Militares, professores em Muay Thay, Educação para o Trânsito, Prevenção Antidrogas e Violência, Direitos Humanos e Polícia Comunitária.

Além das atividades físicas, participarão de discussões sobre relacionamento interpessoal e familiar, direitos e deveres, solidariedade e dignidade, a fim de incentivar uma consciência comunitária.

Execução do projeto

Inicialmente o atendimento está previsto para 30 adolescentes, mas devido a demanda ser muito grande estuda-se a possibilidade de atenderem 60 alunos. Caso a demanda seja superior à capacidade do projeto, serão escolhidos aqueles jovens com fatores de risco identificados, tais como vulnerabilidade social, baixo rendimento e evasão escolar devido a problemas sociais e familiares. Está previsto também uma turma formada por aqueles alunos que mais se destacam por classe.

Para eles, serão oferecidas atividades físicas e técnicas de defesa pessoal duas vezes por semana, durante o ano letivo, sem interrupção durante as férias de julho.

A cada 3 meses será feita consulta às escolas, ministério público e órgãos parceiros para avaliação e acompanhamento da evolução de desempenho escolar e social dos adolescentes. Ao final do período de 9 meses, será feito relatório comparativo da evolução geral de cada atendido. Durante este período, havendo desistência de algum jovem, ele será substituído por outro da lista de espera.

Expectativas e agradecimentos

Trata-se de um projeto piloto no Circuito das Águas. ‘A ideia é que Socorro seja o espelho para outras cidades”, revela Soares.

A Polícia Militar conta com o apoio da Prefeitura, Secretaria Municipal e Estadual de Educação, Comando do 34º BPM/I, Tenente Coronel PM Arthur Velloso Júnior, Poder Judiciário e Ministério Público.

Segundo o Subtenente, o projeto piloto só foi possível graças a assistência do Comando da 2ª Companhia, sediada em Amparo, Capitão PM Marcos Paulo, Coordenador do Projeto, do Prefeito Municipal André Bozola e seu secretariado, da união das pessoas de boa vontade e também aos empresários que acreditaram na proposta. “Tenho que agradecer a todos que ajudaram. Vai ser um sucesso, mas dependemos muito do envolvimento das pessoas”, reforça ele.

Compartilhar/Favoritos

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Você deve ser de logged em para postar um comentário.