Programa Muitação forma a primeira turma de Socorro

No dia 10 de julho, foi concluída a primeira turma do Programa Muitação, realizado pelo Instituto Ecosocial e apoiado pela Rede Aprendiz e prefeituras de Socorro e Águas de Lindóia.

O Programa Muitação é focado no desenvolvimento de jovens entre 17 e 22 anos e direciona o seu conteúdo e vivências para despertar o potencial de cada jovem, para que ele fortaleça e desenvolva a autoestima, autoconfiança a partir do seu potencial e seja capaz de tornar-se agente de seu próprio destino, passando a explorar as oportunidades e integrando-se produtivamente na sociedade, comunidade e mercado de trabalho. A metodologia do programa está baseada em três pilares: admiração, compaixão e consciência moral. “A admiração é a habilidade de estar aberto ao mundo, ter um interesse por todas as coisas, ver o mundo com novos olhos, como se fosse a primeira vez, assim como um bebê. A compaixão é a habilidade de sentir como é ser outra pessoa, de realmente apreciar e reconhecer os outros. E a consciência moral é a capacidade de agir com responsabilidade e moralidade.”

Onze jovens, entre 16 e 19 anos, foram beneficiados nesta turma e tiveram a oportunidade de aprendizados a partir de vivências proporcionadas pelo programa, abordando temas como trabalho em grupo, formas de aprendizados, emoções, relacionamento, inspirações na nossa comunidade, autoconfiança, empreendedorismo, talentos e planejamento de futuro. A primeira fase do programa aconteceu de 24/06 a 10/07, sendo que neste período foram 10 dias presenciais de desenvolvimento, com os facilitadores, e 1 dia em que os jovens fizeram entrevistas entre pessoas que admiravam em nossa sociedade; a segunda fase será o acompanhamento, pelos facilitadores, do plano de ação desenhado pelos jovens, durante os próximos 3 meses.

O programa foi oferecido gratuitamente aos jovens selecionados. E isto foi possível por meio das parcerias com organizações como a Rede Aprendiz, que disponibilizou o local e as refeições nos dias do programa e a Prefeitura de Socorro que, por intermédio do Centro de Referência e Especialização em Assistência Social (CREAS), disponibilizou os materiais do programa e de divulgação para o mesmo. Também foi importante a parceria com o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) de Águas de Lindóia, o qual disponibilizou o transporte para quatro jovens que lá residem e também se inscreveram. E o Instituto Ecosocial, por sua vez, viabilizou o recurso destinado aos facilitadores que conduziram a turma: Tiago Sartori e João Gabriel Tannus Giacometti. “A todas estas organizações citadas, agradecemos imensamente, pois sem elas esta conquista não seria possível”, enfatiza João Gabriel, que selecionou alguns depoimentos de jovens que fizeram parte desta primeira turma: “Ter feito este programa foi algo muito importante e gratificante; ele me fez ver um lado bom da vida e, também, que somos capazes de fazer coisas que achamos que não valem a pena. Ajudou-me a ver que sou capaz e consigo superar minhas expectativas, ajudando a desenvolver minhas habilidades e controlando minhas emoções”.

“O programa me mostrou, na prática, que somos capazes de conquistar nossos objetivos, superando nossos medos, e que somos os únicos responsáveis pelo nosso futuro, afinal, ele é nosso e de mais ninguém”.

“Quando eu me inscrevi, era uma pessoa fechada, sem confiança e um pouco intolerante. Mas eu tinha vontade de mudar. Fiz o melhor que pude durante os 10 dias do programa e aprendi muito sobre como precisamos dos outros, porém cada indivíduo tem uma importância enorme na vida do quem é próximo a ele e até mesmo no mundo”.

Compartilhar/Favoritos

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Você deve ser de logged em para postar um comentário.