Segunda edição da Hora do Mamaço será no dia 5 de agosto

Pelo segundo ano consecutivo, a cidade de Socorro integrará a Hora do Mamaço, um evento nacional, que faz parte da programação da Semana Mundial de Amamentação, e tem como objetivo espalhar as informações corretas sobre a importância do aleitamento materno e o leite do peito.

O encontro será no dia 5 de agosto, a partir das 10h, na Praça do Fórum. “Vamos levar cartazes e faixas, informando sobre a importância da amamentação exclusiva, até os seis meses, como se preconiza na OMS e ainda sobre amamentar até dois anos, e muito mais! Além disso, teremos uma “Roda de Conversa” sobre amamentação, com especialistas sobre o assunto, além de atividades como oficina de baby wearing (“como usar o carregador de bebê, utilizando-o com segurança”, conta a doula Adriana Vieira, uma das organizadoras do evento. “Venha participar e traga seus amigos, familiares e demais simpatizantes. Vamos, ainda, ter atividades surpresas e muito papo bom e diversão”, convida a doula, que deu uma entrevista, falando sobre a Hora do Mamaço e amamentação.

Quem são os idealizadores do evento? Quem pode participar?
Em Socorro, desde o ano passado, além de mim na coordenação, tive a colaboração de muitas outras mulheres, também, como a Carolina Mazzolini, Christina Fisher, Suellen Orlandi e Regiane. Para esta edição, conto com a colaboração de muitas outras mulheres e famílias; e, para coordenar, estaremos lá em quatro: eu, Adriana Vieira, Patrícia Marie, Carol Mazzolini e Daniele.
O evento é aberto ao público, todos podem participar e quanto mais gente junta, melhor! Temos um grupo no Facebook com o nome A Hora do Mamaço em Socorro -2017 e lá vamos postando informações, também.

Qual a importância desse evento?
O evento visa diminuir a mortalidade infantil e incentivar a amamentação em todo o Brasil. Por isso, é importante que cada vez mais pessoas participem e estejam bem informados quanto aos mitos e verdades sobre o aleitamento materno

Qual e a expectativa da organização?
No ano passado foram em torno de 15 mulheres e, esperamos que esse ano, mais e mais simpatizantes juntem-se a nós, pois ainda há muitas dúvidas em relação à amamentação, e nós, profissionais da saúde da mulher e do bebê, vamos fornecer informações

Fale um pouco sobre a importância da amamentação
Agosto é conhecido como agosto dourado, cor que representa a importância que tem o leite materno, comparando-o ao ouro, ou seja, seria o ouro em forma líquida.
O leite é tido como o alimento mais completo para os mamíferos, e não podia ser diferente, pois ele possui: proteínas, gorduras, vitaminas e água. Tudo que os bebês precisam nos primeiros seis meses de vida é o leite da sua mãe, e apenas isso será o suficiente. Não existe leite fraco e nem horário certo para os bebês mamarem, pois hoje se indica a livre demanda, ou seja, sempre que o bebê se mostrar interessado em mamar, essa necessidade deve ser suprida.
O leite materno produz ainda todos os anticorpos necessários para que o bebê tenha um bom sistema imunológico, por isso, nos primeiros dias de vida, desce o colostro, e depois, então, acontece a descida do leite em si, mas ambos são extremamente necessários.
Amamentar é ainda um ato de amor, de vinculação; os bebês quando amamentados não estão apenas nutrindo o corpo físico, mas também as emoções, sentindo conforto, segurança e confiança.
O ato da amamentação ajuda, ainda, os bebês a se desenvolverem e promoverem melhor flexibilidade na articulação de toda face, mandíbulas e influencia, também, na respiração.
É de extrema importância, ainda, para o sistema digestivo do bebê que, mesmo após nascer, ainda precisa amadurecer.
Outros leites ou complementos jamais trarão os benefícios que o leite materno trará. Complementos são indicados para casos clínicos, para mães ou bebês doentes ou órfãos.
O leite materno tem ainda inúmeras vantagens: é gratuito, completo, não traz doenças nem bactérias e ainda previne qualquer doença, não precisa ser esterilizado, não dá trabalho, e é natural de toda mulher que gera um bebê.
Para a mãe também traz inúmeras vantagens: ajuda a queimar calorias; ajuda o útero voltar mais rapidamente ao seu tamanho normal; protege contra a osteoporose; diminui a incidência de câncer da mama e do ovário, além de ser um momento único e inesquecível, entre a mãe e seu bebê.
tenção: a amamentação não deve doer e nem ser um processo de estresse para a mãe ou para o bebê. Por isso, é importante que obtenham informações antes de ter o bebê e com profissionais que se atualizem, pois muitas normas foram modificadas em relação ao passado, mesmo na Sociedade Brasileira de Pediatra, como a livre demanda e a posição para descanso do bebê, após a amamentação.
Outro ponto de atenção é em relação ao companheiro e avós, pois o suporte da família tem muito a ver com o sucesso da amamentação. A família deve estar informada dos benefícios do aleitamento materno e apoiar a mãe e o bebê. Só com informações corretas podem ajudar corretamente.
Para qualquer dúvida devem entrar em contato com profissionais capacitados para dar consultoria em amamentação, que podem ser: pediatras, doulas, enfermeiras especializadas em amamentação, odontopediatra, fonoaudiólogas, entre outros.

Algo mais?
Aqui um link bem importante é do blog oficial do Mamaço onde há informações desde como foi criado o termo a Hora do Mamaço, até o mapa atualizado com as cidades que já aderiram ao evento neste e em outros anos, bem como textos sobre amamentação etc. https://horadomamaco.wordpress.com/

Foto: Katia Mazolini

Compartilhar/Favoritos

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Você deve ser de logged em para postar um comentário.