Técnicas do visual para o desenvolvimento de vitrines

Nesta semana, Lilian Monteiro fala sobre as vitrines, a porta de entrada para atrair a atenção do público alvo e gerar o primeiro impulso para a compra. Confira!

Como o vitrinismo é trabalhado dentro do visual merchandising?
Merchandising significa mercadoria em inglês e Visual merchandising é a parte visual da mercadoria. Tudo que se relaciona à forma de expor produto é visual merchandising, seja em área de vendas ou vitrine.  O visual merchandising também usa técnicas de exposição para fazer criação de vitrines. As técnicas consistem-se em transformar a vitrine em um espaço atraente e convidativo ao cliente, trabalhando com exposição e coordenação de produtos e ambientações, de forma que desperte o desejo  da compra.

O que a levou a trabalhar com vitrines?
Durante a faculdade de moda, estudava-se o mercado em diferentes setores da moda, e vitrinismo como estudo sempre me despertou bastante interesse de atuação. Mas foi em 2012, atuando na C&A com visual merchandising que comecei a atuar com o desenvolvimento de exposição de produtos em vitrine e área de vendas.

Com que tipo de empresas você costuma trabalhar?
Empresas de varejo no segmento moda e moda casa. Hoje, atuo como especialista de Visual Merchandising na Seller Magazine, e a vitrine faz parte de todo trabalho de planejamento e criação, desenvolvido para as 43 lojas da rede. Em Socorro, desenvolvo projetos personalizados de visual merchandising e vitrine para as lojas de varejo, sempre levando em consideração o mercado local, o perfil da marca e o público alvo.

Qual a importância de uma vitrine para a loja?
A vitrine é o primeiro canal de contato que o cliente tem com a loja. Uma vitrine bem atrativa e que passe uma imagem de acordo e coerente com o público que a loja quer atrair, pode gerar o primeiro impulso para a compra.

Como é o processo de elaboração?
Para criar uma vitrine, primeiro de tudo é necessário conhecer o perfil e o DNA da marca, como por exemplo: Quem é o público alvo, quais são os produtos que a marca vende, quais os produtos que merecem maior destaque na vitrine. É importante ressaltar que a vitrine tem que estar totalmente ligada com a área de vendas. A imagem da vitrine deve ser a mesma da área de vendas.

Onde você busca inspiração?
Tudo que está ao meu redor me inspira: A arquitetura de uma casa, a cor de uma flor, um filme, um livro, uma história, a textura de um bordado e o próprio mercado varejista serve como inspiração  e estudo de pesquisa, para poder desenvolver as vitrines e áreas de vendas atualizadas com as principais tendências do varejo.

Como funciona a execução dos projetos? Em quanto tempo ele pode ser concluído?
É feito um estudo sobre o perfil da marca; depois elaboro pesquisa de mercado e tendência. Com as informações necessárias, desenvolvo um trabalho de criação. Quando o projeto é aprovado, a criação sai do papel para ser executada na vitrine. O tempo de execução depende muito das necessidades da marca e do tamanho do projeto que será desenvolvido, mas normalmente o ideal são 60 dias para criação e execução.

No caso das vitrines temáticas, como Dia das Mães, Dia dos Namorados, por exemplo. Com quanto tempo de antecedência o trabalho deve ser iniciado?
Também depende da necessidade da marca e do tamanho do projeto que a marca quer desenvolver; normalmente, para projetos pequenos são necessários 60 dias para início do trabalho. Mas, para essas datas importantes, o ideal é que a vitrine seja executada com 30 dias antes da data; assim, a loja tem o tempo de um mês para trabalhar as vendas do período comemorativo.

Como fica a questão da identidade da marca, na montagem de uma vitrine?
A identidade da marca tem que ser totalmente transmitida pela imagem da vitrine. O público alvo tem que olhar e se identificar com a exposição; se isso não acontece, a mensagem não está sendo transmitida para o público certo!

Que dicas você dá para um lojista que não pode contratar o serviço, mas quer melhorar o visual do estabelecimento comercial?
Mantenha a vitrine sempre organizada; os manequins e equipamentos da vitrine devem estar sempre em bom estado de conservação. Exponha sempre os produtos que são peça chave da estação vigente. A vitrine tem que transmitir uma mensagem para o público alvo, seja pela comunicação visual, ou por elementos decorativos, exposição de produto, manequins. Tente identificar se a sua vitrine passa a mensagem ideal para atrair a atenção do seu público alvo.

Serviço – Lilian Monteiro é socorrense, formada em Moda pela Faculdade Santa Marcelina, cursou Consultoria de Estilo e Imagem pelo Senac-SP, é colunista do Jornal O Municipio e atua como especialista de Visual Merchandising de Moda e Moda Casa, na Seller Magazine.

Compartilhar/Favoritos

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Você deve ser de logged em para postar um comentário.