“Vamos cuidar das crianças como sempre: alimentação saudável, higiene adequada e aproveitando o isolamento para estreitar os laços amorosos”, recomenda dra Elaine

As dúvidas são muitas. E as preocupações também. Para falar sobre o Coronavírus e a ameaça a nossas crianças, convidamos para entrevista a médica pediatra drª Elaine Bueno de Souza, a quem agradecemos pelas orientações. Confira:

As crianças são realmente mais imunes ao COVID19?
Até o momento, nesses três meses da existência desse vírus, observou-se que as crianças que apresentam a doença, o fazem de modo mais leve; não sendo relatados casos de morte ou quadro grave, mas acredita-se que possam ser transmissores.  Ainda não se descobriu a causa para este fato.  Também existem alguns trabalhos iniciais que dizem não haver transmissão da gestante para o bebê e nem durante o aleitamento materno.
Orientamos que se a mãe que faz aleitamento materno apresentar um quadro gripal, mesmo que não seja o COVID 19 use máscara e lave muito bem as mãos sempre que tiver de estar com o bebê.

Quais as recomendações para mantê-las de forma segura em casa?
As recomendações para as crianças não diferem muito das dos adultos:
– lavar sempre as mãos com água e sabão;
– ao limpar o nariz, fazê-lo com lenço de papel ou papel higiênico para que seja descartado, evitando o uso de fraldinhas ou paninhos;
– ferver diariamente mamadeiras e chupetas;
– evitar contato com as pessoas quando elas chegam da rua antes de fazerem a higienização adequada (banho, lavar as mãos e usar álcool gel);
– manter a casa sempre arejada;
– evitar contato com fumantes;
– evitar contato com idosos;
– evitar contato com pessoas doentes.

É possível aumentar a imunidade delas?  De que forma?
Não há necessidade de aumentar a imunidade das crianças visto que a imunidade delas deve ser sempre trabalhada em todo seu desenvolvimento.
Para mantermos uma criança bem são necessários cuidados básicos e permanentes tais como:
Dieta adequada (verduras, frutas, legumes, carnes e peixes, ovos) de preferência frescos e evitar embutidos, bolachas, doces, refrigerantes, produtos industrializados etc.
Oferta de água  constante durante todo dia.
Higiene adequada, principalmente das mãos.
Manter calendário vacinal atualizado.
Muito amor e carinho.

Como distinguir sintomas de uma gripe normal e procurar ajuda?
Lembrando-se dos sintomas de gripe:
– Tosse
– Febre
– Dor de garganta, dor no corpo que são comuns.
Vamos procurar o médico / hospital se a criança apresentar:
– Febre persistente
– Dispneia (falta de ar)
– Desconforto respiratório (batimento de asa de nariz, tiragem Intercostal, retração de fúrcula).
– Cianose (extremidades, boca roxinhas).
– Desidratação
– Palidez
– Piora do quadro existente.

Como tem feito atendimento com seus pacientes? Consultas online?
Pela Prefeitura no CS II estamos mantendo um atendimento para crianças com quadros mais importantes ou que a mãe não consegue resolver em casa com medicações de costume da criança, somente para evitar idas desnecessárias ao hospital. Reforçamos a orientação de que casos leves devem ser mantidos em casa com as medicações de costume. Quanto a meus pacientes de consultório, estamos mantendo contato online e, se necessário, atendimento domiciliar.

Algo Mais?

A COVID 19 é uma doença nova que começou a aparecer há cerca de três meses, então todos os estudos relacionados a ela ainda são prematuros e em pouca quantidade.

As experiências passadas pelos profissionais, os protocolos e orientações ainda não têm uma base sólida de eficácia embora todos os países atingidos estejam em trabalho contínuo para a melhor elucidação dos quadros e tratamentos; por isso os protocolos usados são atualizados diariamente o que acaba levando à muitas discordâncias e, finalmente, à muitas Fake News.

Gostaria de pedir aos pais que não se desesperem com todo esse alarmismo e informações desencontradas que estão acontecendo. Procurem as informações em sites oficiais ou com o pessoal da saúde.

Vamos cuidar das crianças como sempre fizemos, mantendo uma alimentação saudável, higiene adequada e aproveitando esse tempo de isolamento social para estreitar mais ainda os laços amorosos com nossos filhos.

Tudo isso vai passar e passar bem se seguirmos as recomendações das autoridades da saúde.

Portanto, FIQUEM EM CASA, pois acima de tudo o AMOR É O MELHOR REMÉDIO.

Serviço – Além dos serviços públicos municipais, drª Elaine C. B. de Souza (CRM: 68025-SP) também atende no Espaço Clínico Vivaz – Telefone: (19) 3895-5985

Compartilhar/Favoritos

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Você deve ser de logged em para postar um comentário.