Hoje: Brno

Leitura obrigatória

Fomos num grupo de amigos para a República Tcheca, inicialmente para a Capital do país – Praga, e na seqüência, para a cidade de Brno, a segunda maior cidade da República Tcheca, em termos populacionais, com aproximadamente 400.000 habitantes, dos quais 89.000 são estudantes universitários. Brno é chamada de “cidade dos estudantes”, e é a capital da região da Morávia. É conhecida no mundo todo, pelo seletivo “circuito de Brno” para esportes motorizados, essencialmente para corridas de motocicletas. Oficialmente chamado de “Masaryk Circuit”, o Circuito de Brno existe desde 1930, abrigando tradicionalmente a etapa de MotoGP, desde 1965.

O nome atual da cidade de Brno é derivado do nome da antiga aldeia localizada junto ao rio Svratka, fundada nessa área, em 1000 d.C.. O nome original era Brnen, mas por vezes também se encontram inscrições com o nome de Brvnn ou Brnno. Do latim surgiu o nome Bruna, e do alemão o nome Brünn.

A cidade fica na confluência dos rios Svratka e Svitava e tem uma área metropolitana que pode chegar aos quase 800.000 habitantes, de acordo com os censos nacionais realizados no ano de 2011. Brno é o centro do poder judiciário da República Tcheca, tendo-se estabelecido na cidade o Tribunal Constitucional e Supremo Tribunal Federal, o Supremo Tribunal Administrativo e o Gabinete Supremo do Ministério Público.

Brno dispõe de um aeroporto e possuí dois dos maiores hospitais da República Tcheca – Fakultní nemocnice u sv. Anny e Fakultní nemocnice Brno. Recentemente, a área do último foi alargada com a construção do campus universitário mais moderno de toda a Europa, o “Univerzitní Kampus”, que engloba a Faculdade de Medicina, a Faculdade de Ciências e a Faculdade de Desporto.

Foi nesta cidade, no mosteiro da Ordem de Santo Agostinho, que Gregor Mendel, pai da genética, fez todas as suas experiências e morreu, em 1884.

Além do citado circuito de corrida “Masaryk Circuit”, Brno possui um Centro de Exposições que funciona desde 1928, e a Feira Internacional de Engenharia é a sua exposição anual mais conceituada. Brno também hospeda, anualmente, um Festival Internacional de Fogos de Artifício, o “Ignis Brunensis”, organizado desde 1998 e que acolhe cerca de 200 mil visitantes por dia.

Os principais pontos turísticos da cidade são o castelo e fortaleza de Špilberk, a Catedral de S. Pedro e S. Paulo, que se avista ao longe e é, muitas vezes, considerada o símbolo da cidade. Outro castelo bem preservado na cidade é “Veveří”, que se eleva acima da barragem de Brno. Outro ponto de visita é a Vivenda Tugendhat, inscrita como Patrimônio Mundial da UNESCO.

Uma curiosidade de Brno é que seu principal clube de futebol é o 1.FC Brno, mas a cidade vibra, na realidade, com a sua equipa de hóquei no gelo, o HC Kometa Brno, ou seja, apesar do tradicional evento de MotoGP e de um time do esporte mais praticado do mundo (futebol), o que mais agita seus habitantes são os jogos de hóquei no gelo.

Foi uma alegria enorme poder acompanhar esse evento esportivo com um grupo de amigos, e estar entre as torcidas e fãs divididos entre os maiores ídolos atuais do MotoGP, o Italiano Valentino Rossi da equipe Yamaha, e o espanhol Marc Marques, da equipe Honda. Mas, sem dúvida, outra grande satisfação foi poder conhecer esta região do leste Europeu, ainda não muito explorado pelo turismo.

- Anunciantes -
- Anunciantes -

Últimas notícias