A Festa da Marechal bateu recorde de público, no sábado

Leitura obrigatória

São Pedro é “voluntário” da Festa da Marechal! O dia amanheceu com chuva intensa, na quinta-feira, dia 30, e no final da tarde já tinha parado; a noite, com aquele friozinho gostoso, convidava todos a um chocolate quente, vinho quente e quentão.

Começava a Festa da Marechal! Aos poucos, a população foi chegando, para lotar o ambiente que, neste ano, teve suas barracas remodeladas, com tendas brancas e espaço abrigado para os consumidores.

A comida gostosa, os shows e, principalmente, o calor humano que une as pessoas ao praticar o bem, permaneceram vivos nos quatro dias de festa, com ápice no sábado, quando era muito difícil caminhar, em razão da multidão que ali se aglomerou.

Os voluntários revezavam-se nas barracas de comes e bebes, brincadeiras e bingo, para bem- atender a todos, sempre com um sorriso, sem demonstrarem o cansaço que, certamente, chegava ao finalzinho da noite.

E foi assim, com o esforço de todos que, pela 34ª vez, a Festa da Marechal alcançou seu objetivo: angariar fundos para que a Associação Feminina Paulista de Combate ao Câncer de Socorro – organizadora do evento – possa continuar ajudando os pacientes que tanto necessitam de remédios e cuidados especiais. “Esse objetivo só foi alcançado graças às doações de empresários e população, ao trabalho voluntário de incontáveis pessoas de nossa comunidade e clubes de serviços que se revezaram nas barracas, aos voluntários que bateram de porta em porta pedindo prendas, aos professores e alunos das escolas de Socorro que se encarregaram das caixas-surpresas, à população dos bairros rurais que se organizou para angariar donativos, a todos que compareceram à festa, a quem agradecemos de todo coração”, disse a vice-presidente Yeda Volpini Passarela.

Ela aproveita para lembrar, ainda, do trabalho da presidente de honra, dona Gladys Vita Araújo, de dona Lourdes Picarelli e dona Margarida Paiva, as mais antigas da Associação de Socorro, que produzem e buscam trabalhos manuais – todos podem ajudar nessa missão – para o bazar da Associação Paulista Feminina de Combate ao Câncer de São Paulo, que ajuda pacientes que vêm de longe para o tratamento. E também não se esquece de agradecer ao dr. Ivan Abranches de Oliveira Santos, que atende gratuitamente os pacientes por ela indicados.

Enfim, esta é uma luta diuturna, com uma somatória de esforços e trabalho voluntário, para ajudar os pacientes mais necessitados de Socorro. A todos que colaboraram, de uma maneira ou outra, nosso muito obrigado! O ano que vem tem mais, se Deus quiser!

Convite

Estão todos convidados para participar de uma Missa de Ação de Graças, a realizar-se neste sábado, às 19h30, na Igreja Matriz Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, por tudo que foi conquistado em nossa 34ª Festa da Marechal.

Um agradecimento muito especial
Henriqueta Paiva

A diretoria da Associação Paulista Feminina de Combate ao Câncer de Socorro vem a público agradecer o trabalho realizado pelos voluntários na Festa da Marechal.

Todos merecem nossa homenagem, pela doação de seu tempo e por seu trabalho aos doentes com câncer que tanto necessitam de cuidados especiais.

Esse prazeroso esforço de servir ao próximo é uma das mais benditas ferramentas para ajudar a visualizarmos, com clareza, um sentido para a vida. A pessoa que se aproxima do sofrimento do próximo, vê seus problemas pessoais numa outra dimensão, torna-se mais resignada, menos ansiosa.

Todos os voluntários sabem que seu trabalho constrói pontes entre quem tem e quem precisa, em qualquer nível, físico, mental, emocional e espiritual. O voluntariado é a atividade em que fica mais evidente, o melhor que cada um tem e que pode trocar com o outro. Quem o realiza passa a ter mais saúde, participa mais da comunidade, integrando-se e integrando a comunidade na sua vida. Pesquisas comprovaram que esse trabalho faz bem ao coração, ao sistema imunológico, aumenta a expectativa de vida e a vitalidade, de maneira geral.

Anjo, talvez essa seja a palavra que possa definir um voluntário. Na atualidade, grande parte da humanidade está tão ocupada em resolver seus próprios dilemas, que se esquece que existem outras pessoas precisando de ajuda. É nessa hora que entra o voluntário, que decide trabalhar para fazer o caminho de outras pessoas menos tortuoso.

Gostaríamos de dizer um muito obrigado a vocês, voluntários da APFCCS. Estejam vocês há semanas, anos ou décadas, contribuindo com a missão da organização, queremos que saibam que a sua paixão e dedicação foram imprescindíveis para estarmos há tantos anos cumprindo de forma exemplar, nosso papel de geradores do bem. Durante todos esses anos, o segredo e a força do sucesso da nossa Associação tem sido a união e o comprometimento das pessoas envolvidas na organização. É a paixão com a qual vocês se dedicam que torna possível que centenas de pessoas possam ter todos os recursos que precisam e ter, ainda que doentes, um pouco mais de dignidade em suas vidas. Tenham a certeza que, com este trabalho, vocês escreveram no livro de suas vidas uma página de dias muito felizes, onde puderam, por meio de suas mãos generosas, praticar a caridade com seus semelhantes.

Estejam certos que isto lhes trará um prazer muito grande, lá na frente. Desejamos que todas as páginas de seu livro sejam de felicidade e de muita paz.

- Anunciantes -
- Anunciantes -

Últimas notícias