Além de registrar e eternizar momentos, projeto reverte parte da renda para entidades de Socorro

Leitura obrigatória

Quando somos crianças, a fase escolar passa e nem nos damos conta de tudo o que vivemos. Os anos passam e muitos momentos e até mesmo pessoas que caminharam ao nosso lado vão sumindo, aos poucos, de nossa memória. Com a tecnologia, as fotos e vídeos dificilmente saem das máquinas, celulares, computadores e HD para serem impressas no papel… E tudo fica ali, guardado, escondido e esquecido.

Pensando nisso, a Aquarela Foto & Vídeo criou o projeto “Recordação Escolar”, que tem como objetivo registrar os momentos e as pessoas que passam grande parte da fase escolar, ao lado de cada um dos alunos. “Criamos esse projeto no intuito de levar aos alunos e aos pais a importância de que, quando eles forem adultos, terão uma foto  que possa fazê-los recordar quem foram seus amigos e professores, durante um ano todo”, explica a proprietária Aline Ribeze, enfatizando, também,  que em Socorro, seu projeto é de baixo custo, comparado ao de outras cidades e, no seu caso, o preço pode variar de R$ 6,00 a R$ 38,00.

Aliou, junto com seu projeto, uma ação social, por meio da qual, parte do que for arrecado será revertido para uma entidade da cidade.

A primeira escola a aderir ao projeto foi o Colégio Horizonte, que garantiu uma parte da arrecadação para o Lar do Bosco e o Asilo José Franco Craveiro. “Infelizmente, não foi possível arrecadar uma quantia maior, pois, neste ano, a única escola que participou foi essa, mas espero que, no ano que vem, possamos realizá-lo em todas as escolas e, assim, contribuir com um bom valor. No Lar Dom Bosco, além do cheque, levamos chocolates para as crianças, e fizemos, também, várias fotos de todos eles; na semana seguinte voltamos e  entregamos as fotos impressas, cópias para todas as crianças e, ainda, um pôster com quadro para decorar a sala deles”, conta a fotógrafa.

“Recordar é viver, trazer a emoção, novamente. Fiquei feliz com o projeto, pois temos que sensibilizar os alunos sobre a importância da história e do legado de cada um. A vida escolar trabalha o aluno como um ser integral e transformador. Queremos registrar esses momentos que ficam no coração e alma”, afirma a diretora do Colégio Horizonte, Bernadete Moraes, que completa. “Em nossa escola, trabalhamos com um lema: respeito! Respeitamos cada aluno, fazemos parte da família Horizonte e, por isso, precisamos registrar esses momentos mágicos vividos no ambiente escolar. Desta forma, o projeto vem de encontro com os nossos ideais: ser feliz, agradecer, resgatar valores, respeitar os antepassados e outras atividades que fazem parte do cotidiano do nosso aluno. Esse projeto traz uma forma bonita de registro, por meio do qual sempre poderemos recordar momentos felizes e de evolução, e a família, desta forma, participa mais ativamente, também”, completa.

“Estamos à disposição para iniciá-lo com outras instituições, no ano que vem e, desta forma, podemos ajudar muito mais as instituições. Com este projeto inicial, pude perceber que podemos ajudar com menos do que imaginamos. As crianças do lar ficam felizes com simples visitas e os idosos do asilo precisam de cuidados, pessoas voluntárias, um café da tarde para dar uma alegria a eles, uma lembrancinha que seja. Para mim foi muito gratificante poder ajudar um pouquinho; com certeza, agora, não vamos parar mais”, finaliza Aline, dizendo que já tem em mente outro projeto, de curso gratuito de fotografia para todos que tiverem interesse. “Nosso objetivo será descobrir novos talentos e passar informações sobre a nossa profissão”, adiante ela.

 

 

- Anunciantes -
- Anunciantes -

Últimas notícias