APAE esclarece: cobrança via telefone não é golpe

Leitura obrigatória

Conforme um edital publicado na edição de 7 de outubro de 2016, a APAE de Socorro modificou a forma de recebimento das contribuições. Desde então, as cobranças e recebimentos estão sendo feitos por meio de funcionários da empresa TELEAMAIS, contratada pela entidade. “Tínhamos dois funcionários que faziam esse serviço, porém, com este custo, nossa meta acabava não sendo atingida, e tivemos que buscar outra alternativa”, conta o presidente da entidade, Wilson Valdo, que recebeu a indicação da APAE de Mogi Mirim. “Embora tenha sido indicada por uma parceira, pesquisamos sobre a empresa, e constatamos que ela presta serviços para mais de 100 APAES em outros estados, além de hospitais e asilos, e comprovamos sua idoneidade”, completa ele.

No início, os contribuintes aceitaram a mudanças sem questionamentos e os resultados positivos foram aparecendo. “Além do baixo custo e da agilidade, este novo método tem trazido novos sócios contribuintes para a entidade”, destaca o presidente.

A nova forma de cobrança funciona da seguinte maneira. Um dos dezenove operadores de telemarketing entra em contato com os sócios cadastrados, para confirmar o recebimento da mensalidade, que pode ser de qualquer valor, combinando um dia e horário, para fazer o pagamento, no endereço mencionado. Na data anotada, outro funcionário, devidamente identificado, vai até a residência do colaborador, confirma os dados e recebe o dinheiro, emitindo, na hora, um comprovante do pagamento.

“Porém, a empresa acabou tendo que trocar alguns funcionários, o que acabou gerando a desconfiança de muita gente, que achava que se tratava de um golpe. Não condeno, pois diante de tantos casos que vemos diariamente, é importante se prevenir”, comentou Wilson. “Comunico aos nossos contribuintes que todas as ligações e pagamentos são registrados no sistema da empresa, que envia diariamente um relatório. Se, em algum momento, tiverem dúvidas sobre o contato por telefone ou a presença do funcionário, podem entrar em contato pelo telefone 3895-1522, que tiraremos todas as dúvidas”, completa ele.

Atualmente, a APAE de Socorro conta com cerca de 700 contribuintes e mantém 102 alunos, uma equipe multidisciplinar que conta com professores graduados ou licenciados na Educação Especial, auxiliares, fisioterapeuta, terapeuta ocupacional, fonoaudióloga, psicóloga e assistente social.

E, com quase 40 anos de fundação, a APAE de Socorro vem se mantendo com a colaboração dos sócios contribuintes, dos eventos que promove ao longo do ano, das verbas públicas, dos projetos, como o de Reciclagem, Óleo de Cozinha e Artesanato, bem como os bazares, que contam com a ajuda de muitos doadores e, também, com alguns eventos particulares, que destinam parte do dinheiro arrecadado para a instituição.

- Anunciantes -
- Anunciantes -

Últimas notícias