Após a II Guerra Mundial, os primeiros expedicionários chegam ao Brasil

Leitura obrigatória

Continuando na edição 1145, de 24 de junho de 1945, outras notas falam sobre o fim da II Guerra Mundial, que teve a presença de expedicionários socorrenses, os quais não são citados pelo O Município, nessa edição.

As baixas das forças armadas dos Estados Unidos

Washington – De conformidade com os últimos relatórios apresentados pelos Departamentos da Guerra e da Marinha, as forças dos Estados Unidos sofreram 1.017.097 baixas desde Pearl Harbor.

Esse total inclui 232.138 mortos, 616.013 feridos, 53.446 desparecidos e 115.500 prisioneiros de guerra.

As baixas sofridas pelo exercito dos Estados Unidos foram de 187.369 mortos, 57.402 feridos, 10.736 desaparecidos e 4.238 prisioneiros de guerra.

Chegada dos Expedicionários brasileiros

Partiu dia 14 deste para a Italia o navio “D. Pedro I”, que trará a primeira leva de expedicionários que se encontram naquele país. Nestes dias partirá outro navio, o “D. Pedro II”, os quais foram devidamente preparados para nada deixarem faltar aos soldados do Brasil, quando do seu regresso.

Divulga-se que o 1º Escalão das tropas brasileiras, deverão chegar de 20 a 30 de Julho próximo.

 

Artigo anteriorObras
Próximo artigoCarnaval de 1958
- Anunciantes -
- Anunciantes -

Últimas notícias