Campanha contra pólio vacinou 56% do público alvo, em Socorro

Leitura obrigatória

O balanço parcial do primeiro final de semana de vacinação contra a poliomielite indica que foram vacinadas 1.072 crianças em Socorro, segundo dados do  Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações, do Ministério da saúde.

O número corresponde a 56,45% das 1.899 crianças de 6 meses e menores de 5 anos, previstas para serem imunizadas na cidade.

A campanha vai até o dia 21 de junho, e vale ressaltar que, segundo o departamento de comunicação da prefeitura, a partir deste ano, não haverá mais vacinação contra a Paralisia Infantil na zona rural (exceto no bairro do Oratório, onde há uma unidade de PSF).

Neste ano, a Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite será realizada somente em uma etapa. No ano passado, todas as crianças até 5 anos incompletos participavam. Já neste ano, o público-alvo da campanha são as crianças a partir dos 6 meses, que tomam a vacina oral (VOP), as chamadas gotinhas. Isso porque as menores de 6 meses já estão sendo vacinadas com a vacina injetável (VIP), nos postos.

Para repetir o sucesso das campanhas anteriores, é preciso que os pais e responsáveis levem as crianças aos postos, com suas cadernetas de vacinação. Dessa forma, o profissional de saúde pode avaliar a situação vacinal da criança, considerando o esquema sequencial.

Vale lembrar que não existe tratamento para a poliomielite e somente a prevenção, por meio da vacinação. A vacina protege contra os três sorotipos do poliovírus 1, 2 e 3. A eficácia da imunização é em torno de 90% a 95%. Ela é recomendada mesmo para as crianças que estejam com tosse, gripe, coriza, rinite ou diarreia.

A vacina é extremamente segura e não há contraindicações, sendo raríssimas as reações associadas à administração da mesma. Em alguns casos – como, por exemplo, em crianças com infecções agudas, com febre acima de 38ºC ou com hipersensibilidade a algum componente da vacina –, recomenda-se que os pais consultem um médico para avaliar se a vacina deve ser aplicada.

- Anunciantes -
- Anunciantes -

Últimas notícias