CF Perseverança: há seis anos, associação ajuda crianças e suas famílias no Bairro Oratório

Leitura obrigatória

Crianças se divertem durante atividade

Amar ao próximo. Essa é a frase que define o trabalho de Cafu, do CF Perseverança. Nascido Sergio Fernandes, Cafu veio para Socorro há quinze anos e aqui realiza uma missão muito bonita: ajudar famílias carentes com roupas, alimentos e carinho. Em entrevista em nossa redação, ele nos contou como foi o começo da associação.

Criada há seis anos, CF Perseverança significa “Criança Feliz”. Nasceu da vontade de ajudar crianças e famílias carentes. Antigamente, Cafu era um dos “Doutores da Alegria” e recebeu o convite para fazer uma recreação no Dia das Crianças. Missão cumprida e Cafu reuniu seus colegas de trabalho e formaram um grupo de vinte pessoas para fazer o bem. Ganhou o terreno de seu sogro, no Bairro Oratório; a proprietária do hotel em que trabalha doou os materiais de construção e ele e seus colegas de trabalho colocaram a mão na massa e, em um ano, estava construída a sede da ONG – hoje com todos os documentos regularizados. “Das festinhas de rua, já estamos em outro patamar”, comemora.

Cafu e seus colaboradores fazem a doação fixa para trinta famílias e demais pessoas que necessitem de algo específico, como o exemplo do caso da criança que precisava de leite sem lactose e um hóspede do hotel se prontificou a ajudar. Por ano, são realizadas seis festas, entre elas: Natal, Ano Novo, Páscoa, Dia das Mães e Dia das Crianças. Em alguns eventos, o salão chega a ficar pequeno, recebendo cerca de trezentas pessoas.

Incentivo

Na sede do CF Esperança há diversas atividades, entre elas: aulas de dança, muay thai e inglês. As aulas de dança acontecem às segundas; muay thai às terças e quintas e, aos sábados, as aulas de inglês. Não há restrição para participar.

Conheça a associação – A CF Perseverança fica no Bairro Oratório. Facebook e Instagram @cfperserverança.

Cafú em entrevista em nossa redação

*Sergio Fernandes – o Cafu tem 38 anos. Residia na cidade de Medina/MG. Veio para Socorro por meio de sua irmã Glaucia, que o trouxe para cá depois que seus pais adotivos faleceram. Trabalha como pedreiro, é bartender por formação. Casado com Camila de Fátima e pai da Gabriele, Michaely e Emanuele e agradece ao apoio e envolvimento da família na associação. Também é grato a Paula Cheouhan, então proprietária do Hotel Portal do Sol, por toda ajuda e aos seus inúmeros amigos e colaboradores da associação CF Perseverança.

 

 

 

 

 

Confira mais fotos das atividades do CF Perseverança:

 

 

 

 

- Anunciantes -
- Anunciantes -

Últimas notícias