Cia de Dança e Teatro Róger Crivelini estreia sua 33ª produção, em novembro

Leitura obrigatória

Em novembro, a Cia de Dança e Teatro Róger Crivelini, estreia a sua 33ª produção: A Bela Adormecida.

A companhia começou a dar os primeiros passos em 1996, com o intuito de levar cultura e entretenimento ao público da nossa região e, principalmente, à cidade de Socorro. “Começamos as montagens com produções infantis, resgatando a fábula, mexendo com o imaginário das crianças e dos adultos. Porém, com o passar dos anos, sentimos a necessidade de atingir um público maior. Passamos, então, a produzir espetáculos direcionados também ao público adulto, sempre seguindo a linha de musicais, que abrangem a música, a dança e o teatro”, lembra Róger. “O elenco da Cia, formado por bailarinos/atores, pratica aulas diárias de ballet clássico, jazz, sapateado americano, canto e interpretação, o que torna os nossos espetáculos um atrativo singular para os nossos espectadores”, completa ele.

O diretor da companhia conta que a maioria das montagens realizadas por seu elenco e bailarinos sempre foi aplaudida em pé, o que para ele é muito valioso. Ele acredita que o grande sucesso dos espetáculos se dá ao fato de serem musicais, além do elenco formado sempre por crianças, adultos e senhoras, o que reflete no público que acompanha os espetáculos.

Atualmente, a CIA é composta pelo seguinte elenco: Daiana Guinato, Douglas Teles, Maria Silvia Baladi, Patricia Guinato, Priscila Cavassan, Roger Crivelini, Sabrina Freitas e Vera Golo. Para deixar os espetáculos mais profissionais, conta com o apoio da fonoaudióloga Ana Célia Araujo Martinez.

Quando os espetáculos são montados com o Studio de Dança, todos os alunos estão envolvidos, e participam dançando, enquanto que a parte interpretativa do espetáculo fica por conta do elenco da CIA.

A Bela Adormecida

Entre os dias 2 e 17 de novembro, a Cia de Dança e Teatro Roger Crivelini apresenta seu novo espetáculo, no Centro Cultural: A Bela Adormecida.

“Este espetáculo será uma adaptação de várias histórias: a dos Irmãos Grimm, da Disney e do ballet repertório. Optei por fazer assim, pois em Socorro ainda não há plateia apenas para ballet de repertório. O povo acha meio cansativo e foi por esse motivo que resolvi mesclar as três versões”, afirma Róger.

O elenco contará com a bailarina Sabrina Freitas, que interpretará a princesa Aurora; como príncipe Desiree, Douglas Teles; Róger será o Rei Florestan que, junto com sua rainha Florência, Vera Golo, contarão a história. A peça contará, também, com as três boas fadas, Gabriela Marcon, Lavinia Oliveira e Inara Stracci, e a fada má, chamada neste espetáculo de Malévola, será interpretada por Clareana Falconi.

“É um espetáculo um tanto quanto trabalhoso, pois a história é de época e as coreografias seguem uma linha mais clássica. O elenco será composto pelas alunas do Studio, que dançam nas várias coreografias do espetáculo. Tentarei ambientar o público desde a sua entrada ao teatro. A cenografia será bem grande, pois são vários ambientes; um castelo, uma floresta, um chalé, um covil e um aposento para a hora do sono da Bela Adormecida”, conta o dançarino.

A Cia de Dança e Teatro Róger Crivelini fica à Rua Dr. João Batista Gomes Ferraz, 70, e o telefone para cotnato é 3895 3741. Outras informações também podem ser obtidas por e-mail: rogercrivelini@terra.com.br, ou no  blog da Cia: www.ciarogercrivelini.blogspot.com.

ESPETÁCULOS REALIZADOS:

1995 – “Flutuação”

1996 – “O Mágico de Oz”

1997 – “Cinderela”

1999 – “A Bela Adormecida”

2000 – “Uma Volta ao Mundo”

2001 – “A Bruxinha que era Boa”

2002 –  “Os Saltimbancos”

2003 – “A Casa dos Brinquedos”

2004 – “A Bela e a Fera”

2004 – “Dançar”

2005 – “As Noviças”

2005 – “Hércules”

2006 – “Cabaré”

2006 – “Nem que a Vaca Tussa”

2007 – “Teatro Musical Brasileiro em Revista”

2007 – “Romeu e Julieta”

2007 – “Gala do Studio”

2008 – “Revista de Humor”

2008 –  “Aladdin e a Lâmpada Maravilhosa”

2008 – “Gala do Studio” (musical de gala)

2009 –  “Plumas e Paetês na TV”

2009 – “Os Saltimbancos”

2009 – “O Quebra-Nozes” (ballet de repertório)

2010 – “A Travessia da Esperança”

2010 – “Alice no País das Maravilhas”

2011 – “A Família Addans”

2011 -“Peripécias… Magia… Glamour… O Circo chegou!

2012 –  “Noviças em apuros”

2012 –  “Isto é Brasil”

2013 – “Cabaré das Mimosas”

2013 – “A Bela Adormecida”

PARTICIPAÇÕES e CURIOSIDADES:

1997 – A CIA participou do festival de teatro realizado pela USF com o espetáculo CINDERELA e obteve prêmios nas categorias: melhor figurino, melhor cenografia e melhor atriz coadjuvante para Simone Fundelo.

O espetáculo também foi levado à cidade de Lindóia.

1999 – A CIA levou o espetáculo novamente à cidade de Lindóia e participou de uma mostra de teatro na cidade de Mogi Mirim.

2002 – O espetáculo OS SALTIMBANCOS concorreu no Mapa Cultural da região de Campinas e obteve o segundo lugar, como melhor espetáculo e também obteve prêmios de melhor figurino e ator, para Roger Crivelini.

2004 – A CIA ousou na montagem de A BELA E A FERA. Foi o espetáculo mais caro, até o momento, que a CIA produziu.

2006 a 2008 – Os espetáculos NEM QUE A VACA TUSSA (2006), TEATRO MUSICAL BRASILEIRO EM REVISTA (2007), ROMEU E JULIETA (2007) E REVISTA DE HUMOR (2008) foram apresentados nos Festivais Culturais das cidades de Lindóia, Águas de Lindóia e Serra Negra.

2009 – Fomos os primeiros a apresentar um espetáculo de “ballet de repertório” na cidade de Socorro. Até então, não havia registros de apresentação na cidade. A CIA apresentou o ballet de repertório O QUEBRA-NOZES.

2010 – O espetáculo A TRAVESSIA DA ESPERANÇA foi produzido exclusivamente para a festa italiana da APAE, apresentando como enredo a imigração dos italianos para o Brasil.

2012 – NOVIÇAS EM APUROS foi premiado pelo PROAC (Programa de Ação Cultural) pela Secretaria de cultura e Governo do Estado de São Paulo. O espetáculo viajou por Lindóia, Águas de Lindóia, Mogi Guaçu e Monte Alegre. Obteve um público recorde de mais de 400 pessoas numa única apresentação no Festival Cultural da cidade de Socorro. Só para informação, o Centro Cultural dispõe de apenas 117 lugares fixos podendo ser acrescido de até 180 lugares. Nestas duas apresentações em Socorro, a primeira teve mais de 400 pessoas e na segunda um pouco menos, aproximadamente umas 250. Para a CIA uma conquista e para a cidade, uma pontinha de cultura.

- Anunciantes -
- Anunciantes -

Últimas notícias