Escola de Samba Treme Terra

Leitura obrigatória

As fotos do acervo de Antonio Henrique de Pompéia Calafiori registram a entrega dos instrumentos para a recém-criada Escola de Samba Treme Terra, em agosto de 1972. A doação foi feita pela Prefeitura, por intermédio do prefeito Imir Baladi e pelo Clube XV de Agosto.

Os integrantes da escola recebem as doações das mãos do deputado estadual Ricardo Izar.

Na parte de cima, da esquerda para direita, estão Antonio Henrique de Pompéia Calafiori (Janjão), Sérgio Bernardi, Jorge Rafael (Nê), Jamil, Valtinho Golo e Jorge Bonetti. Na parte de baixo, Fernando Zucarelli, Mario Luiz (Lalo), Ederaldo Pietrafesa, Caio e Xandão.

No Carnaval do ano seguinte, a Escola de Samba Treme Terra fez o seu primeiro desfile. Cinco anos depois, em 1978, desse mesmo grupo saiu o Cordão dos Sambistas sem Tradição que, até hoje, desfila pela “Avenida do Samba”, no carnaval socorrense, com suas cores vermelho e branco.

Artigo anteriorHá 50 anos
Próximo artigoLendas da Música Brasileira!
- Anunciantes -
- Anunciantes -

Últimas notícias