Fim de sequestro é manchete de capa na edição de nº 4202

Leitura obrigatória

Sexta-feira, 1º de fevereiro de 2002. A matéria de capa de O Município trazia a notícia do fim do sequestro de um empresário de 35 anos, que ficou 119 dias em poder dos criminosos, que pediam 4 milhões de dólares pelo resgate. A família fez as negociações sem o envolvimento da polícia.

Empresário sequestrado é libertado em Bueno Brandão

(O empresário) foi cercado por três carros, perto de sua residência, no dia 2 de outubro de 2001. Os sequestradores levaram 15 dias para entrar em contato com a família, pedindo um resgate de 4 milhões de dólares. (…).

O resgate foi pago no valor de R$ 2,5 milhões, no dia 28 de janeiro, mediante três provas de que o empresário estava vivo: uma carta de próprio punho, uma fita de áudio onde ele lia notícia recente publicada em jornais e três fotos.

O empresário foi libertado no dia 30, de madrugada, na estrada que liga Socorro a Bueno Brandão. Andou cerca de 10 km até chegar na cidade. (…).

O investigador de Bueno Brandão disse que ele não falou nada a ninguém e pediu para usar o telefone, ligando para sua família. Seu irmão e o delegado de Sorocaba, chegaram com a polícia antissequestro, às 8h30, levando-o embora, sem que tivesse dado qualquer declaração à polícia local ou à imprensa.

Um Vectra queimado, provavelmente usado pelos sequestradores, foi encontrado numa estrada secundária do bairro Cafundó, e está sendo investigado pela polícia. (…)

- Anunciantes -
- Anunciantes -

Últimas notícias