Hoje: Baños

Leitura obrigatória

Baños de Água Santa, comumente referida como Baños , é uma cidade no leste da província de Tungurahua , no centro do Equador. Baños é a segunda cidade mais populosa em Tungurahua, depois da capital Ambato, e é um importante centro turístico. Ela é conhecido como o “Portal da Amazônia”, localizada na bacia do rio Amazonas, e tem uma estrada recém pavimentada para Puyo .

Baños é uma das atrações turísticas mais populares no Equador, por sua incrível beleza natural (é o lar de mais de 60 cachoeiras) e pela infinidade de esportes de aventura disponíveis.  Moradores e visitantes podem desfrutar de rafting , canoagem , canyoning, bridge jumping , caminhadas, ciclismo e cavalgadas.

A cidade também é conhecida por sua produção de Taffy, feita a partir de cana-de- açúcar, e pelas pequenas lojas que vendem famosos papagaios de madeira.

Junto com Pillaro, Baños é conhecida como um bom ponto de partida para explorar o remoto Llanganates Parque Nacional e suas atrações, incluindo Cerro Hermoso. A cidade em si possui um belo parque principal no centro, em frente à catedral. Cachoeiras próximas incluem Virgen de Água Santa, Inés María, Agoyan, El Manto de la Novia, Pailón del Diablo e Machay.

Quem nos conta isso e a aventura que passou nesta cidade é Patrícia Bueno, formada em radiologia médica e faz parte de uma equipe de rafting feminina, que lá esteve em 18 de setembro, onde permaneceu por 6 dias.

Fale, Patrícia!

A cidade de Baños de Água Santa possui muitos pontos turísticos, com empresas de esportes radicais e piscinas naturais quentes. Na gastronomia, o produto principal é a banana, chamada aqui de “maduro” que, no café da manhã, é servida com arroz, salada e suco de limão, em todos os lugares, ao invés do tradicional café com pão que estamos acostumados.

O mais interessante da cidade é o vulcão Tungurahua que, com uma altura de 5.023 metros de altitude, encontra-se ativo desde 1999. Apesar do perigo, é um espetáculo natural, de fogo e lava.

Durante minha estada por lá, pude conhecer o projeto CouchSurfing, um serviço de hospitalidade com base na Internet. Em 2012, atingiu a marca de 1 milhão de membros em mais 180 países e territórios. A partir de vários indicadores, estima-se que muitos membros usavam o site de uma forma muito ativa, com 47% oferecendo os seus sofás a viajantes.

Sua missão é a “Participação na criação de um mundo melhor, um sofá de cada vez”, e procura ligar pessoas e lugares internacionalmente, criar trocas educacionais, fomentar consciência coletiva, espalhar a tolerância e o entendimento cultural. Como uma comunidade, almeja fazer sua parte individual e coletiva para criar um mundo melhor e acredita que o surf de sofás é um meio para atingir esse objetivo.  CouchSurfing não é mobília, não é encontrar alojamento gratuito por todo o mundo; é estabelecer ligações por todo o mundo.

Passei também por Mitad del Mundo, onde há o famoso monumento que divide nosso planeta em norte e sul. A divisão norte-sul é uma divisão socioeconômica e política utilizada para atualizar a Teoria dos Mundos. A partir dessa divisão, separa-se os países desenvolvidos, chamados de países do norte, dos países do sul, grupo de países subdesenvolvidos ou em desenvolvimento, divididos no mapa por meio de uma linha imaginária. Apesar do nome, alguns países do norte também estão no grupo, embora a maior parte desses países estejam localizados abaixo da Linha do Equador.

Artigo anteriorDupla identificação
Próximo artigoEdição de 11/10/2013
- Anunciantes -
- Anunciantes -

Últimas notícias