Hoje: Bonito

Leitura obrigatória

Nossa coluna está de volta ao Brasil e, nesta semana, descreve as maravilhas do município da região Centro-Oeste, situado no estado de Mato Grosso do Sul e que, pelo próprio nome, já se intitula: Bonito!

Polo do ecoturismo em plano mundial, Bonito tem como principais atrações as paisagens naturais, os mergulhos em rios de águas transparentes, cachoeiras, grutas, cavernas e colinas. Quem nos conta sobre o destino, é Kira Tonello, nova integrante da equipe de agentes da Lavie Viagens. Confira:

Dicas de lá!

Em Bonito, MS, o contato com a natureza é intenso. É um lugar onde eu pude observar uma grande diversidade de fauna e flora, sendo possível o contato direto com pássaros, como as araras, macacos, diversos tipos de peixes e, também, plantas.

São, aproximadamente, 300 km de estrada, a partir de Campo Grande, e eu indico que sejam feitas de carro, porque todos os passeios em Bonito ficam em reservas ecológicas, longe da cidade, não tendo como ir a pé!

Outra dica é sobre o período de visitação: evite meses muito chuvosos, isso pode comprometer uma das atividades mais famosas do local, a flutuação. Por causa da chuva, em alguns trechos do rio, a água fica turva, prejudicando a visibilidade.

A cidade tem um charme todo especial: alguns trechos são de terra, mas o centro possui ruas bem pavimentadas, várias lojas, restaurantes e, ao chegar, tive a impressão de estar em uma dessas cidades litorâneas, com aquela mistura de simplicidade e lugares mais sofisticados. Uma coisa que eu alerto é quanto ao sinal de internet: não há! Inclusive nos hotéis, o sinal é bem fraco, então, vá com a consciência de ficar muitas vezes off-line para, realmente, curtir o passeio.

Não deixe de visitar a Taboa, uma fábrica local, com loja artesanal e um pub, bem no centro da cidade, para degustação de suas famosas cachaças.

Recomendo, também, ficar atento quanto à água que irá consumir, pois, apesar de cristalina, é uma água alcalina e o nosso organismo não está acostumado com isso.

Em Bonito, o turismo possui um sistema autossustentável e todos os passeios têm limite máximo de visitantes, por dia, e as visitas são feitas em grupos pequenos. É preciso reservar com hora e data, antecipadamente, ou seja, fique atento, nas altas temporadas.

Existem várias opções de passeios, para todos os gostos. Eu indico, entre elas, passar uma tarde no Balneário Municipal, para dar aquela relaxada, nadar em um rio “infestado” de piraputangas e lanchar uma porção delas, o que é uma delícia! Outro passeio é a flutuação do Rio da Prata, carro chefe de Bonito, por onde você faz uma trilha, conhecendo um pouco sobre as curiosas plantas locais e uma descida tranquila de, aproximadamente, 2 horas, em meio a um fascinante “aquário”. Não se esqueça de levar ou alugar a câmera subaquática, vai valer a pena!

Apesar de ser uma grande aventura, tudo é muito seguro! E então você entende o porquê Bonito é realmente lindo.

A equipe da Lavie Viagens possui diversas dicas para você, que ficou curioso para conhecer este lugar!

Artigo anterior
Próximo artigo
- Anunciantes -
- Anunciantes -

Últimas notícias