Hoje: Gana

Leitura obrigatória

Viagem - GANA 4 xx

Gana é um país da África ocidental, limitado a norte pelo Burkina Faso, a leste pelo Togo, a sul pelo Golfo da Guiné e a oeste pela Costa do Marfim. A capital e maior cidade de Gana é Acra. Quem nos conta sobre o país é a jornalista Jaqueline Harumi Ishikawa, que lá morou durante seis meses, em 2010.

Fale desse país!

O destino chama a atenção pelo inesperado. Gana surpreende, sim, pela falta de infraestrutura urbana – em relação à região Sudeste do Brasil, porque há muitos locais do país que devem ter infraestrutura semelhante –, mas traz semelhanças incríveis com nosso país, por sua música de ritmo contagiante, suas cores, sua paixão pelo futebol e suas belezas naturais que, injustamente, não estão entre os destinos turísticos divulgados mundialmente. Outra semelhança está na religião: a maioria da população é cristã.

Localizado na costa oeste africana, o país tem um apelido receptivo dentre os estrangeiros: “África para iniciantes”. Isso porque, apesar dos problemas estruturais, ainda está à frente da maioria dos países do continente e possui política estável, o que traz mais tranquilidade aos visitantes.

A comunicação no país não é um grande empecilho, já que a língua oficial é o inglês, mas não se espante se nativos conversarem entre si com dialetos locais e regionais. Na capital, Acra, o Twi domina o pedaço e você pode ouvir com facilidade a palavra “obruni”, que comumente refere-se à pessoa de pele branca, mas vale para os estrangeiros como um todo, independentemente da cor de pele. O inglês ganense também traz alguns sotaques diferentes, como na hora de pedir água: eles dizem algo parecido com “uata”. Falando em água, é bem comum o consumo dela em saquinhos quadrados de 500 ml, que custam apenas ¢ 0.05 cada (a moeda do país é o Cedi, cuja unidade atualmente vale pouco mais de R$ 1,06, portanto o saquinho sai praticamente pelo mesmo valor em reais).

O meio de transporte mais popular é o trotro, vans não muito conservadas, que cobram menos de R$ 1 por passageiro e têm os destinos anunciados no grito pelo cobrador. Para os visitantes de primeira viagem, o táxi é a melhor opção, para não ficar perdido. Não há taxímetro e a conservação também deixa a desejar. Para que, assim como acontece no Brasil, o estrangeiro não pague caro demais pela corrida, a dica é ter uma ideia da distância do destino e já propor um valor de cara para negociar a viagem, antes de entrar no carro. Nos seis meses que morei por lá, consegui negociar corridas de ¢ 1 a ¢ 10 em Acra, sendo que raramente paguei os valores extremos. Quem tiver a chance de dirigir por lá, não estranhe a falta de preferenciais em cruzamentos, e balões: lá é cada um por si. Já como pedestre, acostume-se a andar na rua, já que é bem difícil achar calçada – mais fácil é desviar de canaletas –, topar com bodes em vez de cães e gatos, e ambulantes com praticamente tudo equilibrado sobre a cabeça.

Viagem - GANA 2 xxApesar de não ser nativo do país, acho que vale respeitar alguns costumes, como evitar tocar os alimentos com a mão esquerda, inclusive na hora de escolher uma fruta, e tentar comer com a mão os pratos populares, como o banku, fufu e kenkey – claro, com a mão direita. Para isto é comum ter ou ser trazido à mesa uma pequena bacia com água e detergente para lavar as mãos, antes de comer. Ressalto que é bom estar preparado para sabores apimentados, principalmente quem não está acostumado.

Costumes apresentados, resta curtir a viagem. Na capital, Osu é o “bairro” mais procurado pelos estrangeiros por ter forte comércio e bons restaurantes e bares. Quem quiser cozinhar e preparar um lanche em casa também encontra ali o supermercado Koala, que tem quase tudo o que um forasteiro procura. Já a compra de artesanato, roupas e acessórios também pode ser feita no Art Centre (Centre for National Culture) e Makola Market, além do Kaneshie Market, que também tem grande variedade de produtos alimentícios e utilidades. Claro que em Gana também tem o tradicional shopping, o Accra Mall.

Como a viagem não é feita só de compras, a visita a Acra deve passar pelo Kwane Nkrumah Mausoleum & Memorial Park, onde está enterrado o primeiro presidente do país; a Independence Square, a segunda maior praça urbana do mundo; a State House, a sede do parlamento; a Flagstaff House, moradia presidencial; o National Theatre, que além da bela arquitetura permite conferir espetáculos únicos; os três fortes, Castelo de Osu, Ussher Fort e James Fort e, como um brasileiro apaixonado por futebol, o Ohene Djan Sports Stadium. Apesar de ser uma cidade litorânea, Labadi é uma praia de passagem. As melhores praias são as vizinhas, como a Kokrobite, Bojo Beach e Tills Beach, que permitem mergulhos limpos, tranquilidade e belas fotos.

Como fui a trabalho e meus planos de fim de viagem com folga não deram certo, infelizmente não tive a oportunidade de explorar todo o território e conhecer o Mole National Park para ver de perto animais símbolos do continente, como os elefantes, e visitar países vizinhos. Mas algumas viagens mais curtas valeram muito a pena.

Viagem - GANA 3 xxAs belezas naturais ficaram por conta de três roteiros. De Hohoe dá para subir a maior montanha de Gana, a Afadjato, de onde é possível ver Togo do alto e, na base, curtir a cachoeira Tagbo, e também é possível seguir para as cachoeiras Wli. Outra aposta interessante é se hospedar em Akosombo, para conhecer o Lago Volta, o mais extenso lago artificial do mundo, de onde é possível ver de barco a hidrelétrica de Akosombo. O meu destino mais revisitado foi Ada Foah, no delta do Rio Volta, um dos três grandes rios africanos que deságuam no Golfo da Guiné. As ilhas, a vegetação e o banco de areia entre o rio e o mar rendem belas imagens para os olhos.

Outra dica é não deixar o país sem explorar sua história com um passeio guiado pelo Cape Coast Castle, em Cape Coast. O local considerado uma das últimas “moradias” de ganenses mandados para a escravidão na América é indescritível. Antes de deixar a cidade, não deixe de conhecer o Kakum National Park e andar nas alturas, entre as árvores.

Viagem - GANA 1 xx

- Anunciantes -
- Anunciantes -

Últimas notícias