Mais econômicos, ovos caseiros proporcionam renda extra e uma Páscoa mais barata para diversas famílias

Leitura obrigatória

O cenário econômico brasileiro não anda dos melhores. Inflação alta, instabilidade, corte de gastos, aumento no índice de desemprego. Todos esses fatores fazem com que as pessoas planejem melhor seus gastos. Os itens tidos como supérfluos são os primeiros a serem cortados. Contudo, não dá para abrir mão da alegria da Páscoa.

Segundo pesquisas, os ovos de chocolate estão cerca de 20% mais caros que no ano passado. Um mesmo produto pode ter variação de preço de até 30%, em pontos de venda diferentes. Se é hora de economizar, a melhor saída pode ser fazer os ovos por conta própria; além de economizar, é possível garantir uma renda, com este trabalho.

Em Socorro, temos exemplos de pessoas que fizeram da Páscoa uma oportunidade de garantir uma renda extra para a família. Apresentamos algumas delas, nesta matéria.

Uma tradição de 21 anos, passada de mãe para as filhas

Rosineide 1 xx
Rosineide Seraggioto Borim, advogada, recém aprovada na OAB-SP, e auxiliar de Salão de Beleza, trabalha ao lado da mãe, Sônia Maria Seraggioto, cabeleireira, e da irmã Roselise Lino Monteiro. Ela conta que, em meados de 1994, sua mãe iniciou os trabalhos na produção de ovos de Páscoa, justamente para complementar a renda familiar e, desde então, juntas, elas produzem os ovos artesanais.

“Além de proporcionar uma renda extra, tornou-se um hobby, para nós. Trabalhamos com chocolate da marca Garoto desde sempre, ao leite e branco, e produzimos ovos de 250g, 500g, 750g e 1 quilo. Para os ovos acima de 500g, fazemos também casca recheada, nos sabores trufa tradicional, trufa de maracujá e prestígio; os recheios também são produzidos de forma artesanal, com uma média de 1,5 cm de conteúdo, em cada casca. O peso dos ovos é preenchido com bombons variados, nos sabores licor, castanha de cajú, côco, uva passa, crocante e ao leite.

Não fazemos mais variedades de sabores, uma vez que não temos tanto tempo, visto que não nos dedicamos somente a isto, já que o salão ocupa boa parte de nosso tempo, e também nossos clientes estão acostumados com esse nosso sistema.

Acredito que estes é que são nossos diferenciais: a qualidade de nossa matéria prima e o capricho e carinho da hora de produção. Nosso telefone para contato é (19) 3895-7190/ 3895-7700/ 3895-7510/ 99841-4600 e 99423-2629”.

São diversas opções de formas e recheios para presentear a quem amamos

Rodrigo 1 xx
Rodrigo Tonelli é comerciante e conta com a ajuda de sua mãe, Teresa Tonelli. Os dois produzem diversos tipos de ovos e formas especiais de coração e coelho, além de trufas tradicionais e as de cone. Eles também trabalham com chocolate a pronta entrega, para Socorro e região.

“Trabalhamos com ovos lisos, crocantes e com castanha. Os ovos trufados ou recheados, são: trufa tradicional, trufa branca, maracujá, abacaxi, limão, floresta negra, sonho de valsa, brigadeiro, talento, sensação, diamante negro e prestígio. Também fazemos coração trufado crocante, castanha e ao leite, nos tamanhos 300g, 500g e 1 quilo. Além disso, produzimos os famosos ovos de colher.

Todos os ovos vão com bombons de licor, castanha, crocantes, prestígio e trufados. Só trabalhamos com chocolate Garoto e produtos de primeira linha, tais como côco, leite condensado e outros.

Apesar de o preço ter subido muito este ano, mantive os mesmos preços do ano passado, e nossos ovos, além de serem entregues em Socorro e região, têm uma grande demanda que vem de cidades como São Paulo, Santo André, a grande ABC e, também,  Campinas.

Neste ano, os mais vendidos e procurados estão sendo os ovos brancos trufados e, com relação às trufas, as favoritas são as com doce de abóbora caseiro. Também fazemos cestas personalizadas, para namorados. Os telefones para contato são pelo Whats App (19) 99879-7698 (Vivo), (19) 99385-1406 (Claro), com Teresa ou Rodrigo”.

Sua mãe é o braço direito na produção de ovos artesanais

Simone 1 xx

Simone Pereira Valsoni Barbosa é professora da APAE de Socorro há 19 anos, e também intérprete de Libras. Ela faz o acompanhamento de um aluno surdo na escola José Franco Craveiro.

“Faço Ovos de Páscoa há cerca de 5 anos, sempre com chocolate Garoto. Produzo, também, bombons, coelhinhos de chocolate, trufas, cones trufados e, o principal, pão de mel recheado de vários sabores. Os recheios dos ovos são variados: brigadeiro, prestígio, nozes, cereja, castanha de caju, sensação, leite ninho, entre outros. Além disso, conto com a ajuda da minha mãe, Maria Valsoni, que é o meu braço direito. Meu telefone para contato é 3895-3285,  após as 20 horas e pelo celular  98839-8107”.

Em meio a uma agitada rotina, ela acha tempo para se dedicar aos ovos artesanais

 Maria Aparecida do Carmo Bueno, a Cidinha, divide sua rotina com diversas tarefas: doméstica, diarista e costureira. Há cerca de seis anos, ela e a amiga Alessandra resolveram iniciar a produção dos ovos, para obter uma renda extra,  e o resultado surpreendeu, quando elas acabaram vendendo mais do que o esperado.

“Quando começamos, o chocolate era derretido no micro-ondas, ou em banho maria. Hoje, com uma média de 400 a 500 ovos vendidos, conseguimos adquirir duas derretedeiras elétricas e um ar condicionado, para ajudar no manejo do chocolate, durante o dia.  Produzimos ovos de Páscoa caseiros com chocolate Garoto, com tamanhos de 250g a 1 quilo, na forma tradicional e em coração, nos tamanhos de 500g e 1kg. Os recheios que temos são mousse de maracujá e limão, trufado com chocolate branco e preto, sensação, brigadeiro, prestígio, floresta negra, castanha e ferrero. Todos os ovos são preenchidos com bombons variados.  Além disso, também vendo os bombons avulsos.

Fora da época de Páscoa, faço bolos para aniversários e, no final do ano passado, comecei a trabalhar com chocotones trufados. Graças a Deus, tudo está dando certo. Os telefones para contato são 99269-1172 e 3895-7130,  com Cidinha, e 98155-3035 (Tim) e 99117-7219 (Claro), com Alessandra”.

Artigo anteriorContraste
Próximo artigoEdição de 02/04/2015
- Anunciantes -
- Anunciantes -

Últimas notícias