Monges de Monte Sião lançam grife de moda tricô

Leitura obrigatória

Em um dos maiores mosteiros do País, entre orações e obrigações monásticas, monges utilizam sobras das fábricas de malhas de Monte Sião para criar peças exclusivas. No dia 1º de junho, pela 1ª vez, a coleção será apresentada em desfile, durante a Fenat – Feira Nacional do Tricô.

O Mosteiro da Santíssima Trindade, localizado em Monte Sião, cidade mineira considerada a Capital Nacional da Moda Tricô, começa o processo de expansão da sua marca de moda tricô, chamada “Afeto”, composta por jaquetas, vestidos e blusas fabricados com retalhos doados pelas fábricas de malhas da cidade. No total, 5 monjas e 1 monge trabalham no ofício da costura, produzindo uma média de 50 peças por mês, que são comercializadas na lojinha do Mosteiro. “Como os irmãos que trabalham com a costura dividem seu tempo entre esse serviço e as orações diárias, cada peça pode demorar até 3 dias para ficar pronta, o que torna os artigos bastante exclusivos”, declara o irmão Silvio Lobato, que cuida da secretaria da Congregação. A verba obtida, também com a venda de outros itens fabricados no local, como trufas, pão de queijo, linguiças, bolachas e peixes, é investida nas obras de um novo mosteiro, já em construção.

O Santíssima Trindade – www.mongesdatrindade.org.br – é o maior mosteiro de monges professos do País, abrigando 49 religiosos, aí incluídos 8 jovens aspirantes. As peças produzidas pelos monges serão apresentadas na Fenat – Feira Nacional do Tricô.

- Anunciantes -
- Anunciantes -

Últimas notícias