Novo delegado aponta o tráfico de drogas como uma de suas prioridades

Leitura obrigatória

A Polícia Civil e a Ciretran de Socorro estão sob o comando de um novo delegado: dr. Alexandre Ortiz das Neves, de 34 anos, é formado em Direito, pela Faculdade de Direito Padre Anchieta, de Jundiaí.

Dr. Alexandre entrou para a Polícia Civil em 2000, como investigador, e trabalhou na cidade de Itatiba, por oito anos. Em 2008, foi aprovado como delegado, sendo enviado para a cidade de Mairiporã e, posteriormente, para Francisco Morato, ambas em São Paulo, onde ficou por pouco tempo, até receber o convite para vir para a cidade de Socorro. “Antes de vir para cá, já conhecia a cidade, onde passei minhas férias com a família, em janeiro do ano passado. Como havia gostado do município resolvi aceitar o convite”, diz ele.

Como chegou há poucos dias, dr. Alexandre, que também responderá por Monte Alegre do Sul, afirma não ter atendido nenhuma ocorrência de grande repercussão e que ainda está conhecendo como funciona o sistema da Polícia Civil de Socorro, mas já adianta que tem uma grande missão em mãos: o combate ao tráfico de drogas. “Muitas pessoas com quem conversei apontaram o tráfico de drogas como um dos principais desafios que terei aqui, além de uma atenção especial aos menores usuários. Acredito ser este um ponto muito importante para focar, já que do tráfico é que decorrem as outras ocorrências, como violência, furtos e outros problemas da sociedade”, enfatiza o delegado.

Carnaval
Além de se habituar ao sistema da cidade, o novo delegado de Socorro afirma que já está se preparando para o Carnaval. “Estarei durante o carnaval inteiro na cidade, de plantão, para atender a qualquer tipo de ocorrência, além de manter a delegacia aberta todos os dias. O efetivo estará maior durante esses dias, já que estaremos trabalhando em conjunto com a Policia Militar e Guarda Municipal”, ressalta ele.

“Vale destacar que a delegacia estará de portas abertas para atender a toda população, todos os dias. Além disso, estarei me empenhando para participar ativamente do Conselho Municipal de Segurança, para atender às necessidades da população”, finaliza ele.

- Anunciantes -
- Anunciantes -

Últimas notícias