O Banco do Comércio inaugura o prédio próprio, conforme notícia relembrada nesta edição

Leitura obrigatória

O Município destaca, em sua página de capa, na edição nº 2771, de 17 de fevereiro de 1979, a inauguração do prédio próprio do Banco do Comércio, onde antes funcionava o Cinema Novo.

O Banco do Comercio em predio proprio
Como é de conhecimento publico, o moderno edificio que serviu para funcionamento do “Cinema Novo” por pouco tempo, bem no coração da cidade, à rua 13 de maio, 8, passou a pertencer ao Banco do Comercio e Industria de São Paulo. Logo após, para ai se transferir sua agencia local, então instalada no predio nº 117 na mesma rua, seu Departamento de Engenharia contratou com a firma Coelho da Fonseca Ltda, as obras necessárias para a adaptação, trabalho esse que semanalmente foi supervisionado pelo dr. Edson Gama.

A inauguração de suas dependencias, todas dotadas do maior conforto, onde se inclui tambem um Estacionamento para 20 veículos de seus clientes, estava marcada para ontem e desse auspicioso acontecimento daremos mais noticias em nosso proximo numero, junto com a relação de seus funcionários.

HISTORICO
O Banco Artur Scatena se instalou neste municipio em data de 23 de agosto de 952, em edificio de propriedade do pranteado capitalista, sr. João Della Maggiori Orlandi, posteriormente passando a denominar-se Banco Mogiano, para depois passar a seus atuais proprietários.
Em meiados de 964 se transferiu para o lugar onde vinha funcionando até agora, hoje com 24 funcionarios, enquanto em seu inicio possuía apenas 2.

Só estes numeros bastam para evidenciar o grau de desenvolvimento aqui alcançado, com a população sempre a depositar-lhe a mais completa confiança.

Merece uma referencia especial, por tratar-se de um epidosio difícil de acontecer desde a fundação do Banco em Socorro, portanto, já decorrido 27 longos anos, é seu gerente o sr. Luiz Gonzaga Calafiori, que embora convidado a chefiar uma agencia em cidade de maior movimento, preferiu sempre continuar em sua terra de nascimento, que se orgulha de o ter como filho dileto.

Na edição seguinte o jornal ainda destaca a festa (ocorrida em 16.02, às 16 horas), na qual estiveram presentes autoridades locais, regionais e dirigentes do banco, sendo que, durante a cerimônia, houve, também, a bênção do prédio, celebrada pelo padre Giovanni Barreze.

Artigo anteriorIndependência do Brasil
Próximo artigoHoje: Praga
- Anunciantes -
- Anunciantes -

Últimas notícias