O Carnaval de Rua de 1992 contou com mil integrantes entre as “escolas de samba”

Leitura obrigatória

Na edição 3.704, de 28 de fevereiro de 1992, O Município anuncia o início do Carnaval, com chamada em primeira página e programação na página 4.

Nessa época, o Carnaval dos clubes recreativos e no Ginásio Municipal de Esportes, para a população em geral, eram muito animados e complementavam o Carnaval de Rua, com os foliões brincando e dançando até as 4 horas da manhã.

A festa dos foliões começa hoje

Hoje, sexta-feira, Socorro começa a receber um grande número de visitantes e foliões que chegam para o nosso carnaval. Conforme pesquisamos, os Hotéis Maranata e Estância de Socorro estão praticamente lotados com apenas algumas reservas a ser confirmadas; o Hotel Estância da Cachoeira, as Colônias de Férias e o Chalés Village Montana já se encontram lotados.

O carnaval socorrense terá início hoje, sexta-feira, no Clube XV, o qual promoverá o Grito de Carnaval, enquanto que a abertura oficial do carnaval de rua terá início às 20h de amanhã (sábado) com o “Desfile das Dez Mais” patrocinado pela Prefeitura Municipal, continuando na Associação Atlética Socorrense, animado pela Banda Novo Tempo; no Clube XV de Agosto, com Brasilian Band e no Ginásio Municipal de Esportes, com Tropical City Band, este com entrada franca. Todos promoverão 4 noites de bailes carnavalescos e 3 matinês.

O carnaval de rua socorrense será animados pelos blocos FALANGE, P.E.,KUCA FRESCA e CARROSSEL que esse ano terão que obedecer a um regulamento de horário para concentração e tempo de apresentação na avenida, com início exato às 20h, tanto no domingo, como na segunda e terça-feira.

Confira na página 4, um resumo do que será apresentado na avenida pelos Blocos Falange, P.E., Kuca Fresca e Carrossel.

Entre outras informações, na página 4, O Município fala dos sambas –enredos dos quatro grupos: A Acadêmicos do Kuka Fresca – “Samba, Suor e Paixão”, e no 300 componentes;

Grêmio Recreativo P.E. – “Totalmente Contra”, com 200 componentes;

Grêmio Recreativo Carrossel – “Do Oiapoque ao Chuí”, com 200 componentes e o

Grêmio Recreativo Falange – “Sonho de Sambista”, com 300 componentes.

Artigo anteriorEm 1958  
Próximo artigoHoje: Terra Santa
- Anunciantes -
- Anunciantes -

Últimas notícias