O Município entra na era da informática

Leitura obrigatória

Na edição nº 3.697, de 11 de janeiro de 1992, O Município mostra cara nova, comemorando a utilização de computadores, deixando de usar a composição e impressão mecânicas, para melhor qualidade de diagramação. É a era moderna chegando aos 70 anos de nosso jornal.

A melhor notícia de hoje é começar 92 de cara nova.

“O Município” começa uma nova vida, com nova diagramação, novas seções, nova divisão dos assuntos e uma novidade excelente para quem quer saber tudo num vapt vupt: textos para leitura rápida.

E tudo dentro de um moderno projeto gráfico onde a impressão, agora em off-set, passará a ter a mesma qualidade dos grandes e melhores jornais do país. Nada mais coerente para quem, nestes 70 anos de vida, soube conquistar seu lugar na história da imprensa brasileira.

A partir desta edição vencemos uma nova etapa nessa audaciosa arrancada rumo ao futuro, computadorizando toda a elaboração gráfica. A utilização dos computadores permitirá que dediquemos maior tempo à criação, deixando de lado a composição e impressão mecânicas. O chumbo faz parte do passado.

Com a utilização dos computadores, temos maior controle sobre a qualidade de nosso trabalho, checando resultado através de provas impressas, podendo alterar o texto em segundos.

E tudo isso porque leitores e anunciantes cada vez mais exigentes desejam jornais editorialmente avançados e com tecnologia de ponta.

Aqui está o 1º exemplar desse novo tempo.

Os Diretores

Artigo anteriorCurso experimental  
Próximo artigoPortal Decorado
- Anunciantes -
- Anunciantes -

Últimas notícias