O Município ganha novos proprietários

Leitura obrigatória

Na edição número 1196, de 11 de agosto de 1946, O Município destaca a mudança de direção do jornal, que foi adquirido, juntamente com a tipografia, por um grupo formado por Antonio Gonçalves Dantas, Felício Vita Junior, Imir Baladi, José Franco Craveiro e dr. Mario de Oliveira Araujo, os quais transferiram todas as instalações que se encontravam à Rua José Bonifácio, nº 43, para a Rua 13 de Maio, nº 32, “providenciando a aquisição de modernas máquinas… a fim de que os leitores possam encontrar a mais variada e agradavel leitura”.

POR SOCORRO

Hoje este jornal entra em nova fase. Fase de sonhos e esperanças, que serão realidade em dias que hão de vir.

Imensa é a nossa responsabilidade ao assumir a sua direção, em nome da Empresa “O Município” Limitada. Imensa, porque este órgão, que Alante Lorenzetti fundou e Alfredo Ferragutti dirigiu por longo tempo, já é uma tradição, com seus 25 anos de gloriosa existência.

Apesar de árdua não nos arreceiamos da tarefa, pois nos impulsiona um só desejo: vencer.

E isto acontecerá, estamos certos, porque vamos desfraldar uma linda bandeira, a mais idea-lista que há: a bandeira desta terra, que queremos vê-la cada vez maior, cada vez melhor.

Sem ligações partidárias estaremos sempre à vontade para propugnar pela “Morena da Fronteira” e por sua gente. Com dedicação. Sem esmorecimento. Inimigos da oposição demagógica ou do apoio sistemático. Reconhecendo os méritos, quando preciso, mas criticando, se necessário. Sempre com ponderação, jamais com parcialidade.

Esperamos triunfar com este programa, que se é simples, é também sincero.

Esperamos triunfar, porque naturalmente todos os socorrenses compreenderão as nossas intenções e as nossas finalidades. Compreendendo-as, nos apoiarão!

E com seu apoio iremos a frente!

 

- Anunciantes -
- Anunciantes -

Últimas notícias