Outro filho de Socorro assume, agora, o posto de vigário paroquial

Leitura obrigatória

O novo vigário paroquial, que tomará posse no dia 6 de janeiro de 2017, na Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, padre Antonio Carlos da Silva, também é socorrense. Ele nasceu no dia 20 de agosto de 1973, filho primogênito de José Bueno da Silva e Mercedes Pereira da Silva, produtores rurais do Bairro Gamelão que, atualmente, moram em Munhoz. Padre Antonio Carlos tem duas irmãs: Sonia, casada, que lhe deu dois sobrinhos, Cristian e Ariádne; e Taís, solteira.

Até a 4ª série ele estudou na escola do Bairro Pinhal e o Ensino Fundamental e Ensino Médio em Munhoz, cidade mais próxima de sua residência, do que o Centro de Socorro.

A família é católica, e foi somente na juventude que ele sentiu a vontade de se tornar padre. Entrou no Seminário de Aparecida, com os padres redentoristas, onde teve as primeiras lições que o levariam ao sacerdócio. E já na diocese de Bragança Paulista, foi transferido para Campinas, onde cursou a Faculdade de Filosofia, na PUC/Campinas, na qual se bacharelou em 2004. Logo em seguida, começou o curso de Teologia, na mesma universidade, formando-se em 2009 e, no final desse ano, ordenou-se diácono, e trabalhou na pastoral da paróquia de Jarinú.

A ordenação de padre aconteceu no dia 21 de fevereiro de 2010, aqui na Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro; foi trabalhar como vigário paroquial na cidade de Joanópolis e, depois, em Francisco Morato. Em Atibaia, logo em seguida, foi administrador paroquial, na Paróquia do Bairro do Tanque. Ainda trabalhou, por curto espaço de tempo, como vigário paroquial em Morungaba e, atualmente, está morando em Bragança Paulista e auxiliando o padre Valter, em Vargem.

E como recebeu a notícia de sua transferência para Socorro?

“Foi uma grata surpresa vir para Socorro como vigário paroquial, porque eu não esperava por isso. Já pensei, muitas vezes, em vir para cá, onde tenho vários parentes e estaria próximo à família. Meus pais estão morando em Munhoz, também perto daqui, e fiquei feliz, alegre por voltar à minha terra natal. Tenho amigos na zona rural, pois vinha pouco à cidade, onde não conheço muita gente. E acredito que venho para somar, contribuir com o trabalho da igreja e auxiliar o padre Sebastião nessa nova missão”, destaca o padre Antonio Carlos que, juntamente com o pároco padre Sebastião, tomam posse no dia 6 de janeiro, em missa a realizar-se na Igreja Matriz Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, às 19h30, para a qual todos estão convidados.

É mais um bom filho que à casa torna!

- Anunciantes -
- Anunciantes -

Últimas notícias