Polícia Militar dá dicas para evitar furtos de veículos  

Leitura obrigatória

Em decorrência de alguns casos de furto de veículos que têm ocorrido na cidade, a Polícia Militar de Socorro dá algumas orientações à população, para evitar que mais casos como os que têm acontecido, ocorram. “Vale explicar que o furto é quando um ladrão toma algo que pertence a outra pessoa sem estabelecer contato com ela. Se houver contato com a vítima, violência ou ameaça, se trata de um roubo”, explica a tenente da PM, Camila, que completa. “Diante deste cenário, a Polícia Militar orienta os motoristas e pilotos que, ao saírem de seus veículos, verifiquem se os mesmos estão trancados e estacionados em locais com constante circulação de pessoas. Além disso, é importante que se previnam, instalando alarmes, travas e, também, que não se esqueçam  de prender seus capacetes nas motos, no caso dos motociclistas. Caso tenha condições, é importante que instalem dispositivos antifurto”, orienta ela.

É importante também que, ao sair do veículo, a pessoa verifique se não está deixando a chave no contato e não haja nenhum objeto exposto nos bancos, chamando a atenção de possíveis infratores.

A Polícia Militar ressalta que, caso o motorista se depare com alguém mexendo em seu veículo, que evite tirar satisfações e, imediatamente, chame a PM. “Procure ter elementos, marcas internas, que permitem a identificação de seu carro ou sua moto, pois, geralmente, após um roubo ou furto, as placas são removidas ou substituídas. E, o mais importante, se for vítima de roubo ou furto, não tente ir atrás do bandido ou procurar seu veículo, sozinho. Ligue 190 e forneça todas as informações, tanto as do veículo em si, como as características do assaltante, arma usada e rumo tomado”, alerta a tenente, que dá outras dicas:

  • É importante que o proprietário, ao estacionar, feche inteiramente o seu carro, mesmo que seja por alguns minutos ou que esteja na garagem de sua casa ou edifício. Outra dica é estacionar o veículo em garagens ou estacionamentos credenciados, mesmo que por pequenos instantes, ou seja, evite deixá-Io na rua.
  • Procure estacionar sempre em condições de sair facilmente, caso surja algum problema e, ao sair de um estacionamento, verifique se você não está sendo seguido.
  • Toca-fitas e toca Cd são acessórios visados. Prefira aparelhos de som com frente removível ou de bandeja. Ao estacionar, leve-o consigo, coloque embaixo do banco ou tranque-o no porta-malas;
  • Se possível, tenha sempre um sistema de segurança (travas mecânicas de pedais e volante, interruptores elétricos e de combustível, alarme etc.). Caso seu veículo não possua trancas ou dispositivos de segurança, a retirada do cabo da bobina pode evitar o furto.
  • Nunca deixe as chaves no contato de seu carro, mesmo que seja por alguns momentos e nem deixe seu veículo ligado, com ocupantes em seu interior (especialmente crianças), mesmo que por pequenos momentos.
  • Se for obrigado a estacionar na via pública, procure fazê-Io em locais movimentados e bem iluminados. Não deixe objetos à vista. Guarde-os no porta-malas sempre que possível. Nunca pare ou estacione em locais mal iluminados, isolados, com pouca movimentação de pessoas ou com visibilidade prejudicada e, ao descer, certifique-se de que todas as portas estão efetivamente trancadas e não deixe vidros entreabertos;
  • Se o seu carro, depois de ficar estacionado na via pública, apresentar um inexplicável defeito que impeça o motor de funcionar, desconfie de estranhos que se ofereçam para ajudá-Io. Pode tratar-se de uma armadilha. Chame o socorro de urgência de sua confiança.
  • No ato de estacionar, bem como no momento em que retornar para apanhar o carro, esteja atento para a presença de indivíduos suspeitos, nas proximidades. Na dúvida, pare em outro local ou dê uma volta, antes de entrar em seu carro. Essa é uma das formas mais frequentes de abordá-Io. Caso precise de ajuda, ligue para a polícia!
- Anunciantes -
- Anunciantes -

Últimas notícias